Cuidados no trânsito, neste fim-de-semana prolongado

Fim-de-semana prolongado. Cuidados no dia de hoje.

Hoje é dia do trabalhador, feriado, sexta-feira. Quer isto dizer que o fim-de-semana é prolongado, faz sol, a temperatura chama a uma aproximação à praia e as pessoas aproveitam para se deslocarem até ao areal mais próximo, para tomar uma banhoca e beber uma cerveja.

Uma vez que assim é, o fluxo de trânsito aos locais onde se pode ir a banhos ou em busca de um repouso rejuvenescedor que permita enfrentar mais um mês de trabalho, aumenta. Assim como aumenta a pressa de chegar e encontrar o melhor local para estacionar, perdendo desta feita o menor tempo possível.

Cuidados a ter no trânsito nesta deslocação.

Em Maio de 2014, a ANSR registou um total de 2488 acidentes rodoviários com vítimas. Destes, 37 morreram, 197 ficaram gravemente feridos e 2946 apresentaram ferimentos leves. Houve um total de 3180 01.

O que se pretende em cada período, é que seja melhor que o anterior. E o que se pretende neste fim-de-semana prolongado, é que a taxa de sinistralidade diminua, graças às boas posturas dos condutores, diminuindo assim, também, a taxa de mortalidade e de feridos graves inerentes ao sinistro.

Assim, quando se fizer à estrada, saiba que vai encontrar trânsito em número, capaz de o fazer perder algum tempo. Deste modo, deverá ingerir uma carga de tolerância extra, adaptar a sua velocidade e aumentar a distância de segurança. Deve evitar manobras que condicionem a segurança do trânsito rodoviário, assim como perceber as dificuldades de algum condutor.

Essencialmente, neste fim-de-semana prolongado, deverá usufruir do bom tempo, da companhia dos amigos e família, não consumir bebidas alcoólicas se for o condutor  e viajar em segurança.

Foto¦ Band