Como evitar que os capacetes das motos embaciem

Os capacetes das motos com viseira têm alguma tendência para embaciar, seja no verão seja no inverno. Frio ou calor, são fatores que acabam por influenciar e embaciar a viseira do capacetem, criando situações mais complicadas e difíceis de lidar em movimento.


Este fenómeno pode acontecer quando estamos parados num semáforo, ou quando circulamos a uma velocidade muito reduzida. Começa a surgir uma pequena “nuvem” no vidro e, de repente, está totalmente embaciado e o condutor perde total visibilidade. Aqui ficam alguns conselhos para evitar que a viseira do capacete embacie.

Em primeiro lugar é preciso saber porque se produz esse calor que torna a viseira opaca e sem visibilidade. Aparece quando chove, mas também pode surgir em dias de calor, quando o motorista segue demasiado agasalhado e começa a suar. Durante a respiração produzimos vapor de água e o calor da nossa cabeça em conjunto com o que expulsamos durante a respiração, faz com que a temperatura no interior do capacete aumente.

É o mesmo que acontece num automóvel. O vidro fica embaciado quando existe uma grande diferença de temperatura entre o interior e o exterior do veículo. Isso acontece nos capacetes, mesmo no verão, porque a temperatura no interior do capacete é superior à exterior. O melhor será abrir a viseira, a temperatura reduz e o embaciado desaparece, mas ninguém consegue conduzir com a viseira aberta a velocidades mais elevadas.

Há quem diga que os condutores antigamente passavam uma batata cortada na parte interior da viseira ou então havia quem fizesse perfurações laterais na viseira com um broca de dimensões muito reduzidas. Este método permite que exista circulação de ar dentro do capacete, amenizando o embaciamento da viseira.
Atualmente já não é necessário recorrer a estes métodos mais arcaicos. Hoje existem soluções mais simples e efetivas. Todos os capacetes incluem grelhas de ventilação na parte superior do mesmo e também nas zonas inferiores, mas por vezes não são suficientes.
Os capacetes modernos são mais avançados. Com o objetivo de melhorar a segurança e o conforto, a zona do queixo foi aumentada. Em caso de queda, é quase impossível que o nosso queixo toque no solo. Essa superfície de maiores dimensões permite que toda a face, incluindo o pescoço, fique mais protegida no frio. Em conjunto com o design mais aerodinâmico destes componentes, permite que se tornem mais bem insonorizados.

Pinlock

Provavelmente já ouviu falar no Pinlock, pois está muito na moda pela sua eficácia. O Pinlock é uma espécie de segunda viseira que é colocada na parte interior da viseira principal. No seu contorno, do lado que se junta à viseira, incorpora silicone, que garante que, uma vez colocada vai mentar uma estanquecidade perfeita. O seu princípio de funcionamento é muito simples. É criada uma pequena câmara de ar entre a viseira e o próprio Pinlock, que evita que o embaciamento aconteça uma vez que impede a passagem de ar. Com esta câmara de ar, não existirão diferenças de temperatura, logo o embaciamento pura e simplesmente não acontece. Este sistema está na ordem do dia e cada condutor que o utiliza acaba por inaltecê-lo.

Sprays e liquidos anti-embaciamento

No mercado, existem líquidos e sprays anti-embaciamento que são aplicados na superfície interior do “ecrã” da viseira. A sua aplicação é rápida e simpes, todavia a sua durabilidade é reduzida. São uma boa opção quando o capacete não está preparado para colocar o pinlock. O baixo preço de aquisição é baixo, logo assumem-se como boas opções para evitar o embaciamento da viseira.

Foto: Circula Seguro.com e Pinlock

Notícias relacionadas: http://www.circulaseguro.pt/instituicoes-e-legislacao/a-importancia-do-capacete-e-a-abrangencia-da-legislacao-por-pais