Passadeira iluminada

passadeira iluminada

Parece algo muito simples de ser implementado e qualquer pessoa de bom senso percebe que o fato de uma passadeira iluminada de forma correta contribuir para a redução do número de atropelamentos nesse local, então porque não existe uma maior coordenação e especial cuidado na colocação de iluminação específica junto das passadeiras?

Em Inglaterra o Road Research Laboratory, realizou um estudo, mostrando a evolução do número de acidentes antes e depois da colocação de iluminação específica em passadeiras, este estudo foi efetuado em diversas cidades inglesas e chegaram à conclusão que conseguiram uma redução de 47% nos acidentes de trânsito noturnos envolvendo peões.

Estudos e números

Outro estudo no mesmo âmbito realizado na cidade de São Paulo, no Brasil, apurou que do total de atropelamentos registrados em 1995, 45,6% ocorreram no período noturno, momento em que a visibilidade dos pedestres é reduzida por motivos óbvios.

Foi então levado a cabo um projeto com o objetivo de reduzir o número de atropelamentos noturnos, a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego desenvolveu um projeto-piloto denominada de “Travessia de Pedestres Iluminada”, que foi implantado no dia 3 de julho do ano seguinte.

No local escolhido para o estudo, junto de um terminal rodoviário, ocorreram 27 atropelamentos em 1995, desse total 56% foram no período noturno. Após a implantação do projeto, a CET realizou uma pesquisa de opinião com os peões que utilizam a faixa de travessia em questão e, também, com os condutores que por ali passam.

Os resultados indicaram que houve aprovação por quase todos os entrevistados, 90% dos peões acham que tornou a travessia da faixa de rodagem mais segura, os condutores acharam que melhorou 91,1%. Com resultados destes a implementação de iluminação de passadeiras passou a ser uma prioridade na cidade.

Vantagens da iluminação das passadeiras

Neste projeto brasileiro, tiveram em atenção que deveriam iluminar não só a passadeira, mas também a àrea do passeio junto entrada da passadeira, permitindo que o condutor pudesse ver o peão antes de este iniciar a travessia, podendo antecipar o movimento deste, permitindo parar atempadamente.

Depois de analisar o projeto implantado, a CET desenvolveu um refletor especial com aletas laterais reguláveis, tendo como objetivo canalizar toda iluminação somente sobre a passadeira, fazendo com que a mesma se sobressaia, chamando mais a atenção do condutor.

Este pormenor tem duas vantagens, a primeira é que permite que o condutor veja perfeitamente onde começa e acaba a passadeira, a segunda é que também predispõe o peão a atravessar na passadeira e não fora dela, estes dois fatores aumentam a segurança de forma significativa.

Se na sua cidade existem passadeiras que necessitam de ser iluminadas, informe a camara municipal ou a junta de freguesia onde é necessária essa intervenção, se necessário leve uma cópia deste texto ou envie o link por mail na sua sugestão. A segurança rodoviária depende do contributo de todos.

Foto | Jens Karlsson