Segurança máxima na sinalização de obstáculos em rotunda

Segurança maxima na sinalização de obstáculos

Falou-se, há uns tempos, por indicação de uma cabeça esperta qualquer, que deveria de deixar de ser permitida a colocação de obras de arte ou natureza no centro das placa que se encontram colocada na rotunda. Alegou-se, pela ocasião, que retirava visibilidade.

No entanto, parece que essa intenção de alguém, não foi por diante, e bem. Afinal, as placas centrais de uma rotunda nem tão pouco são obrigatórias a estarem no local, mas, estando, deverão, na minha óptica, ser aproveitadas para promover a cultura das artes plásticas.

Uma rotunda bem sinalizada

Não tendo sido, certamente, a autarquia a fazê-lo, o facto de alguém ter colocado um colete reflector no barqueiro que empurra a barca, numa rotunda da vila de Montemor-o-Velho, veio, em graça, a tornar-se bastante útil à segurança rodoviária local.

Tal facto deve-se por motivo de aquela rotunda estar colocada numa das saídas da ponte anexa, que de noite para os condutores menos conhecedores do local se poderia tornar perigosa. Ainda mais que o espaço de circulação no interior da rotunda é bastante limitado e a visibilidade entre entradas, também.

Assim, pode presenciar-se nesta rotunda, não apenas a arte que o concelho tão bem apresenta dos seus antepassados, mas garantir uma mais visibilidade e segurança para quem por aquelas bandas circula. Não vá o condutor pensar que existe ali uma cheia. Trata-se apenas de um incremento de segurança.

Segurança maxima na rotunda