Quando trocar as escovas do limpa pára-brisas?

escovaslompaparabrisas

O período das chuvas está a chegar e surge o melhor momento de prestar alguma atenção às escovas limpa para-brisas do seu carro.

Uma boa visibilidade da estrada é fundamental para uma condução segura e para não arriscar a sua vida e a dos passageiros que viajam consigo no seu carro, bem como a de outros condutores e peões. Este argumento deveria ser suficientes para mudar as escovas limpa parabrisas sempre que deixem de cumprir plenamente a sua função: manter o para-brisas em ótimas condições de visibilidade. Ao conduzir sob as condições climatéricas adversas do outono e inverno – quando chove, neva e por vezes cai granizo – é de vital importância manter o para-brisas limpo para que possa ver a estrada nas melhores condições.

Muitos condutores têm dificuldade em identificar os sintomas de desgaste dos limpa para-brisas, motivo pelo qual assinalamos aqui os principais sinais que denunciam o mau estado das escovas e que chegou a altura de as mudar: um investimento que representa apenas alguns euros e pode poupar-lhe incidentes.
A borracha degrada-se rapidamente quando exposta a longas jornadas de sol e a altas temperaturas perdendo flexibilidade e eficácia para remover a água, motivo pelo qual recomendamos que substitua as escovas após o verão.

Falhas das escovas do limpa para-brisas

-Danos nas escovas;
-Normal desgaste;
-Deformação do limpa para-brisas;
-Deterioração de desempenho aerodinâmico e força descendente do limpa para-brisas durante a condução.

Sintomas de falhas do limpa para-brisas

-Quando limpa o vidro de áreas molhadas ou as listras permanecem;
-Contacto fraco do limpa para-brisas com o vidro;
-Insuficiente limpeza do vidro em volta do perímetro;
– A presença de sons estranhos durante a execução do limpa para-brisas.

Causas de falhas do limpa para-brisas

-Funcionamento do limpa para-brisas em vidro seco;
-Exposição prolongada à luz solar ou a altas temperaturas;
-Sujidade ou gelo que fica sob a escova;
-Folga das fixações do limpa para-brisas;
-Congelamento do limpa para-brisas no inverno;
-Entrada de lubrificantes ou produtos químicos sobre a escova;
-Uso de componentes de baixa qualidade;
-Uso de líquido de lavagem de baixa qualidade.