A importância do capacete nos acidentes com veículos de duas rodas

Miguel Alves

14 August, 2020

O uso do capacete por parte dos motociclistas nunca deve ser negligenciado.

Perante um cenário de acidente, a cabeça humana está exposta a forças que excedem, e em muito, a sua capacidade de proteção natural. O risco de lesões graves senão mesmo fatais é elevado.

Para os motociclistas, o capacete pode representar a diferença entre a vida e a morte, nunca em circunstância alguma deve ser deixar de ser usado.

O capacete reduz o risco de morte em 40%.

Por esse motivo, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) lançou uma campanha de segurança rodoviária subordinada ao mote “Usar ou não usar capacete, não é questão!”.

A campanha tem como objetivo alertar os motociclistas para a necessidade de utilização do capacete devidamente apertado e ajustado, cumprindo assim uma regra de segurança básica, mas que salva vidas.

capacete

Esta campanha assume especial relevo neste período, uma vez que, no primeiro fim de semana de verão de 2020, oito pessoas perderam a vida nas estradas portuguesas e catorze ficaram gravemente feridas, números muitos superiores à média registada nos últimos anos. Seis das vítimas mortais circulavam em motociclos e/ou ciclomotores.

Para além da GNR e da PSP, a campanha conta ainda com a parceria da Federação de Motociclismo de Portugal (FMP).

Com mais esta campanha, “a ANSR vem apelar a todos os portugueses para uma condução em segurança e para dar prioridade à vida, uma vez que, com o rigoroso cumprimento das regras de circulação, cada um contribui para a sua segurança, mas também para a segurança de todos os que circulam. A ANSR apela, por isso, ao cumprimento de todas as regras de segurança para a construção de um futuro no qual zero é o único número de mortes aceitável”.

Aspeto relevante e não negligenciável: o uso de capacete é obrigatório, no entanto, nem todos os capacetes são homologados para a condução. Para cada tipo de capacete existem homologações específicas. Esteja atento a isso.

No Circula Seguro, sugerimos que, tanto quanto possível e mediante o seu gosto, escolha capacetes de design e cor mais visível. Um capacete garrido ajuda a tornar o motociclista mais visível. E em muitos momentos, isso também pode fazer a diferença.

Imagens | ANSR e Mauricio Campino

--

Uma iniciativa da: