Como higienizar e desinfetar o veículo de forma segura

Ines Carmo

2 October, 2020

Quer seja em carros particulares ou em viaturas de transporte de passageiros, além da limpeza das superfícies é essencial higienizar e desinfetar tanto o interior como o exterior.

Não se esqueça: Limpar é diferente de desinfetar. Num momento em que há cada vez mais casos ativos do novo coronavírus no nosso país, é importante saber discernir entre o que está limpo o que está desinfetado, porque sim, o seu carro pode estar limpo e infetado.

Aqui deixamos-lhe alguns conselhos para higienizar o seu veículo de forma segura.

Limpar antes de desinfetar

desinfetar

Antes de começar a desinfetar é, por isso, fulcral, que se realize uma limpeza cuidadosa ao exterior e ao interior do automóvel. Caso não o faça, a matéria orgânica presente nas superfícies pode dificultar a eficácia dos produtos desinfetantes.

Essa é uma das indicações da Organização Mundial de Saúde não só para os veículos, como para todas as superfícies: a limpeza é um passo essencial para eliminar patógenos e reduzir a carga viral. Se a superfície não estiver limpa, a matéria orgânica pode mesmo impedir o contacto direto do desinfetante com a área a higienizar ou até inativar as propriedades germicidas ou o modo de atuação de diversos desinfetantes.

Recorra a especialistas

Pode fazê-lo em casa, na sua garagem, mas o melhor é sempre utilizar os serviços de empresas especializadas nesta matéria. Nada como uma empresa profissional e certificada, de confiança, para proceder à limpeza do seu carro. Eles saberão quais os produtos e os equipamentos mais adequados à limpeza de cada componente do seu carro.

 

Num carro particular recomenda-se uma higienização exterior completa a cada duas semanas, ou a higienização frequente das principais zonas de contacto do exterior do veículo. Já a higienização interior deve ser feita pelo menos uma vez por semana, caso utilize o veículo diariamente.

Comece pelo exterior

desinfetar

Se não tiver hipótese de recorrer a serviços externos para esta operação, pode fazê-lo você mesmo, em casa ou numa estação de lavagem manual sem qualquer problema. Do exterior para o interior é a regra, mas no caso de ser um veículo de transporte de passageiros (táxis, TVDE, carsharing, veículos de emergência, etc.), faz-se uma exceção, começando pelo interior para preservar a segurança de colaboradores e clientes.

Embora não seja ainda muito comum, já é possível encontrar programas de lavagem com opção de higienização, além de pulverizadores de desinfetante para o veículo. No exterior do carro, os puxadores das portas e da bagageira, bem como os retrovisores são os pontos a ter em conta.

Desinfetar o interior

Evite usar substâncias hidroalcóolicas, pois podem danificar determinadas superfícies do veículo, além de ressecar a matéria dos painéis de bordo e afetar ecrãs ou plásticos.

Retire todos os objetos desnecessários do interior do veículo, aspire cuidadosamente todo o habitáculo, limpe os tapetes e as restantes superfícies como o painel de controlo e os estofos.

desinfetar

Depois, pulverize o interior do veículo com um produto desinfetante indicado para este tipo de superfícies. Dê especial atenção às zonas de maior contacto, como é o caso do volante, a alavanca de velocidades e o travão de mão. Mas não se esqueça dos puxadores das portas, botões de abertura e fecho do veículo, regulação de retrovisores, cinto de segurança, assento, apoios de braços, controlo do equipamento de som e climatização, ecrã tátil, manípulos da coluna de direção, como os intermitentes ou limpa para brisas, alavancas de ajuste do assento, estofos, grelhas de ventilação, janelas, espelhos retrovisores e as chaves do carro.

Ao fazer a pulverização deixe as portas do carro abertas, as janelas descidas e deixe o produto atuar 5 minutos. Depois retire o excesso que possa ficar com um pano absorvente ou com um papel.

Deve também usar luvas e máscara durante todo o processo.

Fonte: Istobal

--

Uma iniciativa da: