Pizzas entregues em maior segurança graças a formação rodoviária

formação

As entregas ao domicílio de refeições vão ser feitas em maior segurança, graças a formação recebida pelos colaboradores da Pizza Hut por parte da PSP.

Os chamados estafetas e os serviços de entrega ao domicílio, quer pelas longas horas na estrada, quer pelos horários que têm de cumprir, quer ainda pelo facto de utilizarem maioritariamente motociclos, são utentes que enfrentam um maior risco de sofrer um acidente (e com consequências mais graves) do que outro condutor que não guia tanto tempo, não tem de entregar encomendas em horários bem definidos e está ao volante de um veículo de quatro rodas.

É, por isso, muito interessante a iniciativa que o Grupo Ibersol, dono da cadeia de restaurantes Pizza Hut, tomou de celebrar uma parceria com a Polícia de Segurança Pública (PSP) para que os seus colaboradores recebam formação de condução defensiva com vista a reduzir o número de acidentes que os envolvem.

formaçãoEsta parceria compreende ações de sensibilização de prevenção rodoviária dirigida a veículos de duas rodas a motor.

Condução defensiva

As ações serão ministradas por polícias especializados em segurança rodoviária e condução defensiva de veículos motorizados de duas rodas das diferentes Subunidades de Trânsito da PSP, tendo este tipo de formações já arrancado em várias cidades, como Lisboa, Porto, Coimbra, Braga e Guimarães.

Numa nota à imprensa, o Grupo Ibersol explica que “esta é a primeira vez que uma marca da restauração moderna com serviço de delivery estabelece uma parceria desta responsabilidade com a PSP”.

Este grupo empresarial destaca o facto de em 2016 ter começado a distribuir aos seus funcionários um capacete integral amarelo, destinado a melhorar a sua visibilidade e segurança.

O objetivo traçado pela Pizza Hut é de atingir acidentes zero ao longo dos mais de 6 milhões de quilómetros percorridos anualmente pela equipa de entrega ao domicílio.

Foto: Max Pixel