Procura uma visão ótima ao volante? Saiba que óculos deve usar

óculos

Sente que não consegue detetar objetos com rapidez suficiente quando conduz em condições de pouca luz, com chuva, dias escuros ou de noite? Incomodam-no os faróis dos carros que vêm de frente, à noite? Tem problemas em voltar a focar, quando olha para a estrada e para os retrovisores? Se respondeu afirmativamente a alguma destas questões, a sua vista não é a melhor para se sentar ao volante.

Muitos condutores consideram um verdadeiro desafio ter que enfrentar diariamente o incómodo dos encadeamentos dos faróis nas estradas de dois sentidos ou os reflexos de um asfalto húmido. Por isso, ver o estado dos seus olhos é imprescindível para garantir a sua segurança.

Doutor, preciso de uns óculos homologados para conduzir

Ter boa vista é fundamental para uma condução segura pois, na estrada, os nossos olhos trabalham sem descanso, atentos a qualquer obstáculo da via, às direções do GPS, aos sinais de trânsito e aos espelhos retrovisores. A luz muda ao longo do dia pondo ainda mais à prova a nossa visão, exigindo-nos uma maior concentração que acarrete o seu correspondente esgotamento visual. A utilização de óculos para conduzir facilita a visão dos condutores, para que cheguem ao seu destino relaxados e seguros, reduzindo o stress visual.

Garantir o conforto dos nossos olhos é aumentar a segurança na estrada e ao volante é necessário utilizar lentes adaptadas e homologadas para a condução. Usar lentes graduadas e adaptadas a si vai permitir-lhe desfrutar de melhor visão noturna. Também em situações climatéricas adversas vai protegê-lo dos encandeamentos e ajudá-lo a focar mais depressa.

A legislação europeia indica a necessidade dos condutores utilizarem óculos homologados, etiquetados com o símbolo CE de normativa de qualidade e com cinco níveis de proteção de 0 a 4.

Como é que as lentes melhoram a visão no carro?

óculos

Usar lentes para conduzir é a solução dos problemas visuais de muitos condutores de todo o mundo, permitindo, principalmente, calcular melhor e mais depressa as distâncias de segurança, melhorar a visão noturna sem encandeamentos, reduzir a irritação ocular provocada pelos reflexos de luz e ajudar a focar facilmente que se encontra à volta do veículo.

Quanto mais luz, mais pequena fica a nossa pupila e vice-versa, algo que acontece constantemente ao longo do dia, pelo que utilizar umas lentes monofocais ou progressivas específicas ajuda a otimizar e a ter em conta o aumento de diâmetro da pupila do utilizador quando este conduz com pouca luz, algo que não sucede com óculos convencionais. Desta forma também melhora a perceção do contraste, aumenta a visibilidade e reduzem-se as possíveis distorções da periferia da lente, sobretudo em lentes progressivas.

O resultado final: melhor visão permite calcular com maior precisão as distâncias em situações de condução stressantes. Por exemplo, à noite ou com chuva, com névoa ou neve.

Progressivas, anti-reflexo e de uso diário

óculos

Uma boa opção entre as muitas que há no mercado, são as lentes desenhadas pela marca ZEISS num compromisso com a segurança rodoviária. Os modelos, entre outras coisas, estão equipados com um tratamento anti-reflexo que reduz a sensação de encandeamento provocada habitualmente pelos veículos modernos equipados com faróis LED ou xénon.

Desde logo que as lentes progressivas facilitam a transição entre a meia e a curta distância, uma problemática comum entre os que precisam de focar tanto os sinais e o trânsito à distância, como o conta-quilómetros e os indicadores do painel de instrumentos. As lentes progressivas reduzem os movimentos horizontais e verticais da cabeça que tanta fadiga provocam, pelo que serão sempre mais recomendáveis.

Talvez o mais interessante seja encontrar aquelas que não o obriguem a ter dois pares de óculos diferentes para conduzir e para o seu uso diário, uns óculos homologados para conduzir são uma opção sua. Desta forma encontramos uma solução intermédia que lhe permite ler, trabalhar ao computador e cobrir as necessidades do seu dia-a-dia.

Conduzir de noite já é um handicap para muitos utilizadores da estrada, mas durante o dia os nossos olhos também ficam afetados pela radiação UV. Conduzir com óculos de sol é sempre recomendado, até em duas nublados, pelo que ter lentes que filtrem os raios solares através de polarização é, por isso, imprescindível. Com eles, melhora a perceção do contraste e da nitidez eliminando os reflexos das superfícies refletoras. Marcas como a Hawkers, Oakley ou a Ray-Ban dispõem de modelos polarizados específicos para condições de excesso de sol.

Alguns conselhos para aumentar a sua visão ao volante

óculos

Recorde estas recomendações simples caso note algum sintoma de deficiência na sua visibilidade quando se senta para conduzir. Má visão é um risco de enorme importância para a sua segurança rodoviária e para os restantes utilizadores da estrada:

  1. Vá ao oftalmologista ou ótica de forma regular para realizar revisões periódicas.
  2. Perceba junto de um especialista as suas necessidades visuais próprias em função do tempo de condução, distâncias e problemas com a visibilidade.
  3. Até durante o dia está exposto a encandeamentos, pelo que deve usar óculos de sol com filtros polarizados que compensem o excesso de luz e reflexos.
  4. Cuide dos seus óculos e não as abandone em lugares com temperaturas muito altas ou muito baixas, pois as lentes podem estragar-se.
  5. Procure escolher armações largas que permitam cobrir todo o seu campo de visão. Lentes demasiado estreitas limitam essa sensação mais envolvente. con patillas excesivamente estrechas limitan esa sensación más envolvente.

Imagens | Zeiss iStock disqis SaevichMikalai

Fonte: CirculaSeguro.com