Michelin compromete-se com mobilidade segura em conferência mundial

Michelin

A Michelin participou na conferência ministerial global sobre Segurança Rodoviária, reiterando o seu compromisso com a segurança na estrada a nível global.

Durante a Conferência Ministerial Global sobre Segurança Rodoviária, realizada em Estocolmo, de 19 a 20 de fevereiro, a Michelin reafirmou o seu compromisso com a mobilidade segura.

O presidente executivo do grupo, Florent Menegaux, marcou presença no evento, na Suécia, vincando que na Michelin a segurança está no centro de tudo o que fabricante de pneumáticos faz.

Responsabilidade corporativa

Assumindo ser uma prioridade máxima diária da empresa que dirige, Florent Menegaux considera que “para os nossos clientes, a Michelin é sinónimo de segurança, confiança, desempenho e durabilidade”, acreditando “que é nossa responsabilidade tornar a mobilidade mais segura em todo o mundo”.

Considerando que a faixa etária de 15 a 29 anos é mais afetada por acidentes de trânsito, Menegaux recordou que, em 2010, a Michelin uniu forças com a OMS (Organização Mundial de Saúde) para criar a YOURS (YOUth for Road Safety), uma organização não-governamental focada nos jovens.

Desde então, a YOURS tem incentivado os jovens a abordar questões de segurança no trânsito nos países desenvolvidos e em desenvolvimento.

“O estilo de workshops é muito bom. É muito interativo e divertido. É inspirador e motivador” – Sally-Anne Gakunga, participante num workshop no Quénia.

Para apoiar esta iniciativa, a Michelin convidou três jovens funcionários da Índia, Tailândia e Brasil para darem o seu testemunho em Estocolmo sobre este projeto em que a Michelin participa.

Michelin

Workshops de segurança

Um dos aspetos desse projeto passa pela formação de jovens facilitadores, sensibilizando-os para diferentes aspetos da segurança rodoviária.

“É nossa responsabilidade tornar a mobilidade mais segura em todo o mundo” – Florent Menegaux, CEO da Michelin

No Quénia, por exemplo, através de parcerias com organizações locais, caso da Cruz Vermelha, estes jovens reuniram-se com outros jovens em workshops realizados ao longo do país, encorajando-os para as boas práticas de segurança, inclusive para a importância de utilizaram capacete quando circulavam em motociclos como passageiros.

A ação foi desenvolvida durante 2012 e 2013, tendo tido resultados positivos na percentagem de utilização de capacete em motos.

Fotos: Yours/Michelin