Tenho um pneu furado: tem arranjo ou é melhor colocar um novo?

Miguel Alves

17 June, 2020

Ter um furo no pneu não implica necessariamente que tenha de colocar um pneu novo. Tudo depende da dimensão do furo, da localização do furo, dos danos causados na estrutura do pneu e do estado geral de conservação do pneu.

De uma forma geral, dir-se-á que a maioria dos furos provocados por pregos e cortes até 6 mm confinados ao piso podem ser reparados por um profissional de pneus através de procedimentos aprovados pela indústria e em estabelecimentos credenciados.

Regra de ouro: não tente reparar pneus com furos maiores do que 6 mm ou com furos no flanco. Além disso, não repare pneus cujo piso tenha menos de 1,6 mm de profundidade.

A avaliação de eventual troca ou reparação deve ser feita pelos especialistas, já que a segurança deve ser o critério nº1 a estar presente na hora de decidir.

Os especialistas da Michelin indicam que uma reparação feita apenas com um taco no pneu não é confiável e é perigosa, porque o interior do pneu deve ser inspecionado após um furo.

A reparação adequada de um pneu radial (que são a maioria dos pneus que equipa a maioria dos automóveis) inclui a aplicação de um remendo de borracha no revestimento interno do pneu e um enchimento de borracha no orifício.

Leve o seu veículo a um profissional de pneus para ser inspecionado.

Algo que deve ter presente é que nem todos os furos são imediatos.

Os chamados “furos lentos” podem surgir e originar a perda de ar do pneu de forma lenta.

É, pois, fundamental estar atento ao estado do pneumático e aos sinais que, durante a condução, o veículo lhe transmite que podem indiciar que há algum dano no pneu. Se o veículo, por exemplo, não seguir em linha reta e tender para a esquerda ou direita ou se sentir ruídos ou vibrações estranhas no automóvel, desconfie.

Quando tiver um furo e caso o automóvel possua um pneu suplente, o condutor, ao substituir o pneu danificado pelo pneu sobresselente, deve primeiro verificar o flanco do pneu sobresselente para saber a pressão de enchimento correta e as limitações de velocidade e quilometragem.

Fotos: Michelin

--

Uma iniciativa da: