Problemas de segurança automóvel comummente negligenciados

Este é um dos problemas de segurança mais graves na compra dum veículo usado.

 

A segurança rodoviária abrange um conjunto de inúmeros fatores. Estes, globalmente, devem se conjugar para que todas as pessoas estejam protegidas e seguras. Infelizmente existem problemas de segurança automóvel comummente negligenciados. Alguns por ignorância outros por incúria.

As pessoas mais expostas serem as que estão fora do veículo, vulgo peões ou transeuntes. Mas mesmo assim são os condutores e passageiros que estão constante e diretamente dependentes da qualidade da segurança de cada veículo.

Os ocultos problemas de segurança automóvel

As falhas de segurança nos veículos automóveis são abrangentes e diversas. Segue-se uma lista dos problemas de segurança automóvel comummente negligenciados, seguida duma pequena descrição dos mesmos.

Airbags. Um relatório da entidade americana NHTSA mostra que, naquele país, quase um em cada cinco acidentes fatais envolve carros cujos airbags haviam sido retirados. Nalguns casos foi possível apurar que os proprietários não sabiam desta realidade. Isso é algo que deve interessar a quem compra um carro usado adulterado, pois implica responsabilidade civil e criminal do proprietário anterior.

Não suponha que esteja tudo bem com uma viatura apenas porque não há sinais de danos ou reparações visíveis. Lembre-se que os airbags podem ser acionados como resultado de colisões de baixa velocidade que podem causar pouco, ou nenhum, dano visível. Os sensores dos airbags podem ser facilmente desativados. Verifique o histórico do veículo, saiba se esteve envolvida em algum acidente. Peça ao seu mecânico para verificar se o airbag está colocado e dentro de validade.

Após um embate a correta reparação é essencial para que o veículo volte a garantir a segurança.

Para-choques comprometidos. Estes casos podem ocorrer se teve algum tipo de embate ou colisão, mesmo considerando-o de menor importância. Até se os para-choques parecerem bons, eles podem não estar integralmente funcionais. Os suportes podem ter-se partido, mesmo que os mesmos mantenham a posição original.

Tenha em atenção que se os seus para-choques sofreram um embate, mesmo que ligeiro, podem estruturalmente estarem alterados. Atualmente, a maioria dos para-choques usa um composto de espuma densa para absorver o impacto, mas eles funcionam apenas uma vez. Mesmo que não mostrem sinais do lado de fora, a estrutura subjacente depois de ser comprimida, não recupera na totalidade as suas capacidades. Isto significa que no próximo embate a estrutura não conseguirá se comportar como era desejado.

Problemas de segurança funcionais

Tubagens de travão danificadas ou enferrujadas. As tubagens de travão são vulneráveis à ferrugem, esta e impactos ou outros danos podem levar à rutura. Isto é especialmente verdade se circula com uma área com invernos rigorosos. Nestas zonas, além do tradicional sal, são usados muitos produtos químicos, que contêm produtos químicos corrosivos que podem danificar as tubagens que estão expostas na zona inferior do veículo.

Ao contrário de outros problemas de travões, as tubagens de travão danificadas não dão sinais, não ouvirá qualquer guincho ou chiada, assim como não sentirá qualquer trepidação. O sistema simplesmente perderá pressão devido à fuga do liquido de travão. Ao verificar as tubagens, garanta que não existem sinais de corrosão, ou zonas “babadas”. Verifique que não existem sinais de embates na tubagem. Caso detete algum destes sinais é recomendável e mais seguro substituir toda a tubagem.

Mas este não é apenas um problema de zonas onde o inverno é rigoroso. As tubagens, e toda a zona inferior, podem oxidar devido à exposição à chuva ou condições húmidas de forma duradoura, como por exemplo relva molhada. Caso essa a sua realidade seja alguma das acima descritas pergunte ao seu mecânico sobre novos tipos de tubagens de travão, que são consideradas mais resistentes a produtos químicos e aos elementos.

O básico da segurança automóvel

Faróis danificados. É essencial ver e ser visto. As manchas, riscos e arranhões nas lentes dos faróis de plástico podem ser causados por diversos elementos, desde lama, pedras, até vandalismo. Isso pode reduzir sua visibilidade, criando um perigo quando está conduzindo, em especial à noite ou com mau tempo.

Verifique se há riscos, ranhuras, fendas ou humidade no interior do farol, indicando que o vedante falhou. Todos estes elementos podem tornar sua luz menos brilhante e reduzir a vida útil da dispendiosa lâmpada no interior do farol.

Problemas de direção e suspensão. Tal como as tubagens de travão mencionadas acima, estas peças são suscetíveis a corrosão e danos relacionados ao clima. Verifique, ou mande verificar, as peças críticas da direção e da suspensão, pois podem ser afetados pelos mesmos problemas dos restantes elementos da zona inferior do veículo. Afinal sofrem do mesmo problema da exposição aos elementos. As estradas irregulares, cheias de buracos, com poeira e terra também não ajudam.

Fotos | Ivan Radic, Wikimedia