Sabe como tirar os riscos incómodos do painel de instrumentos

Com o passar dos anos, o painel de instrumentos do seu carro vai colecionando riscos no acrílico que protege os mostradores. Trata-se de uma situação absolutamente normal. São riscos que “chateiam” quando o sol incide sobre o painel, mas que podem ser facilmente limpos. O Circula Seguro ensina-lhe como fazer esta tarefa sem riscos e de forma simples.
Agora que os impostos para os carros importados vão baixar, vamos, concerteza, assistir a uma nova invasão de veículos com alguns anos de vida. Alguns mais bem tratados que outros, por isso pode sempre tentar dar um retoque em casa, neste ou naquele detalhe. O Circula Seguro vai dar-lhe uma dica que pode fazer facilmente no seu carro com resultados muito bons. Com o passar dos anos, com as várias limpezas ao interior e com o passar do pano pelo painel de instrumentos, este vai colecionando riscos, mais visíveis naqueles dias em que a luz do sol lhe incide de “chapa”. Esta é uma situação normal, pois os próprios grãos de pó nele acumulados acabam por riscá-lo quando lhe passam um pano. Em determinados casos, estes riscos chegam a dificultar, inclusivamente, a perceção da informação contida no próprio painel.
Assim, de uma forma simples e em pouco menos de uma hora vai conseguir colocar o acrílico do painel como novo, basta ter os produtos adequados.
Saiba, no entanto, que existem dois tipos de riscos: os “swirls”, riscos em forma circular que são feitos pela passagem de um pano, ou riscos lineares, produzidos por material pontiagudo ou duro que bateu, por qualquer razão, no plástico do painel.
A melhor técnica será sempre desmontar o painel, mas se não o conseguir (e o melhor é que este trabalho seja feito por um técnico) pode fazer o polimento com o plástico montado, todavia, convém isolá-lo. Depois de ver o resultado final, o acrílico do painel ficará como novo e agora vai conseguir ver melhor as informações nele constantes, mesmo quando o sol incidir de frente.

Processo

1 – Limpe o acrílico

Com um pano de micro fibras e um produto de limpeza adequado (um polish, de preferência) realize uma primeira passagem no acrílico do painel de instrumentos. Assim vai eliminar dedadas e pó, preparando o plástico para a aplicação do polimento.

2 – Isole o painel

Evite retirar o vidro (pode não conseguir voltar a colocá-lo). Proceda ao isolamento do quadradante com fita isoladora. Desta forma vai evitar que o polish seja aplicado noutros plásticos que não pretende polir.

3 – Comece a polir

Assim que estiver limpo e isolado, o painel está pronto para ser polido. Pegue num aplicador de tecido circular e espalhe um pouco de polish neste artefacto.

4 – Primeira “demão”

Comece por espalhar com o aplicador circular o polish no plástico. Tente que chegue a todos os cantos. Com a fita isoladora ao redor do painel, poderá ser mais difícil chegar a todos os cantos. Seja persistente.

5 – Faça o polimento

Inicie o polimento com movimento circulares. Aos poucos vai conseguir aperceber-se dos resultados. Vai ver que a zona central do painel fica de imediato como nova. Mais complicado vai ser o polimento dos cantos do painel (o formato varia de modelo para modelo).

6 – Não deixe restos

Depois de polir o plástico, volte a fazê-lo uma segunda vez para que o resultado final seja ainda melhor. Logo em seguia pegue num pano limpo e retire os restos de produto que ficaram nas zonas circundantes.

Mãos à obra

Como já percebeu pelas seis etapas que lhe mostramos trata-se de uma tarefa de execução rápida e simples. Basta para tal que tenha os produtos adequados e são exatamente os mesmos que já utilizámos em tantas outras tarefas de detalhe automóvel que já lhe mostramos no Circula Seguro. Pode aplicar, por exemplo, o mesmo polish que utilizamos para polir os faróis ou no óculo traseiro da capota de um cabrio ou o mesmo produto de limpeza que tantas vezes aplicamos em plásticos ou mesmo na chapa para retirar impurezas e sujidades, produtos que custam, no mínimo, 10 euros. Os habituais panos micro fibras e aplicador de tecido complementam a tarefa.

Fotos: Pixabay