Indicadores luminosos (Help Flash): uma grande solução para reduzir acidentes

Redacción Circula Seguro

17 de Janeiro de 2022

Embora a utilização de triângulos de emergência para sinalizar um veículo parado na estrada ainda seja obrigatória na maioria dos países europeus, alguns já consideram a utilização do Help Flash como um recurso particularmente útil para reduzir o número de acidentes.

De acordo com números oficiais, 21% das vítimas mortais de acidentes rodoviárias na Europa são peões, o que significa que 3948 pessoas morreram atropeladas em 2020 nas estradas europeias. Muitos desses acidentes ocorrem quando um condutor tem de parar o seu veículo na estrada por qualquer incidente, sai do carro e caminha pela estrada para colocar o triângulo que indica a sua posição.

Portugal: utilização opcional

No caso de Portugal, o regulamento exige levar colete refletor e triângulo de emergência no veículo, os dois elementos para sinalizar paragens na estrada. Os indicadores luminosos V-16 são opcionais e não está atualmente prevista qualquer alteração regulamentar sobre isto a curto prazo. No entanto, muitos condutores portugueses já compraram o Help Flash, à venda em muitas lojas, que é colocado no tejadilho do veículo e evita ter de sair do veículo. Na verdade, uma conhecida empresa espanhola de substituição de vidro, com presença em muitas cidades portuguesas, realizou uma campanha em Setembro passado para sensibilizar os clientes para a necessidade de extrema precaução neste tipo de circunstâncias, dando aos seus clientes um Help Flash. A grande aceitação desta iniciativa é sem dúvida uma boa notícia sobre a responsabilidade e consciencialização dos condutores portugueses.

Reino Unido proíbe os triângulos

O Reino Unido, por exemplo, já proibiu a utilização de triângulos de emergência em caso de incidente numa autoestrada, devido ao elevado número de colisões causadas pela sua utilização. Os triângulos só podem ser utilizados em estradas convencionais, onde a velocidade é significativamente inferior.

Iniciativa pioneira em Espanha

No caso de Espanha, uma iniciativa pioneira em todo o mundo entrou em vigor em 2021, e passou a ser obrigatória a utilização do Help lash a partir de 2026, tornando este tipo de dispositivo o substituto legal dos triângulos de emergência. A vantagem deste sistema é evidente, pois é um dispositivo de pré-sinalização que avisa os outros condutores sem necessidade de sair do veículo, e evita percorrer os 50 metros na estrada ou na berma para colocar os triângulos de emergência. O risco de atropelamento nas estradas do país vizinho disparou durante esse percurso. Para evitar isto, este novo regulamento espanhol estipula que, se as condições da estrada não permitem deixar o veículo em segurança, o condutor deve permanecer dentro e utilizar sempre o cinto de segurança. Para além, se o veículo sofreu uma colisão com outro veículo, o regulamento proíbe os utentes de preencher o relatório de acidente na estrada, pelo que este processo deve ser realizado fora da estrada, num local seguro.

Etiquetas

Mais smart