Mindfulness ao volante: como pode libertar-se do stress ao volante

Miguel Alves

7 September, 2020

Terminadas as férias, o regresso ao trabalho trará um acréscimo do trânsito, pelo que o stress ao volante tende a crescer. No entanto, para alguns especialistas em mindfulness, conduzir – para o escritório ou de regresso a casa – pode ser um bom momento para aliviar o nervosismo, por paradoxal que pareça.

Como parar o piloto automático da nossa mente e concentrar todos os nossos esforços na condução? Com Mindfulness, referem os especialistas.

Emmy Smit, psicóloga e formadora de Mindfulness na ITAE Empresas, colabora com o Centro de Assistência e Reabilitação Sanitária Seat Cars e no seu entender “o mindfulness consiste em ensinar o cérebro a focar-se numa única função para que possa dedicar-lhe a atenção total”.

Mindfulness

O construtor automóvel Seat elaborou, com este enquadramento, um conjunto de observações com o intuito de ajudar os automobilistas a encararem a condução como um momento menos pesado e mais descontraído, sem, claro, que isso signifique sem responsabilidade.

Possível de realizar ao volante

Segundo Emmy Smit o mindfulness pode ser realizado durante o desempenho de tarefas diárias, como a condução, de forma a desenvolvê-las de forma menos mecânica e mais feliz. “A nível fisiológico, estimula zonas do sistema nervoso relacionadas com as emoções positivas, aumenta a secreção de serotonina e endorfinas e altera o mapa de atividade cerebral”, diz a especialista.

A Seat indica que, ao aplicarmos o mindfulness, conseguimos uma maior atenção ao volante para que o risco de acidente seja reduzido, para além de que reduziremos as emissões de CO2 e economizaremos combustível e dinheiro com uma condução mais eficiente. De acordo com Gerhard Lux, responsável pelo desenvolvimento de propulsões híbridas e elétrica na Seat, concentrados, vamos usar longas engrenagens e antecipar a travagem, reduzindo a velocidade.

30% dos acidentes mortais são causados por distrações, segundo a Direção-Geral de Trânsito em Espanha.

Ambiente tranquilo

Outra ideia-chave apontada pela Seat é a de que um espaço em harmonia fomenta a tranquilidade. A este respeito, uma boa iluminação é vital, sendo este atributo mais bem conseguido em viaturas com luz ambiente mais envolvente. Por outro lado, “sentir a sua respiração enquanto o ar entra e sai do nariz ajuda a voltar a atenção para o aqui e agora e equilibra o sistema nervoso”, afirma Emmy Smit.

“A mente e o corpo estão intimamente ligados: pensamentos e emoções afetam a postura corporal que, por sua vez, afeta diretamente a nossa forma de pensar e sentir”, salienta ainda Emmy Smit. Isso significa que estar bem sentado, ter uma boa postura corporal e a ergonomia dos bancos num automóvel são fundamentais.

Mindfulness

10 exercícios de mindfulness no veículo

 Emmy Smit, colaboradora do Seat, propõe alguns exercícios de mindfulness para praticar antes, durante e depois de usar o carro:

  1. Antes de entrar, observe o seu estado emocional e o seu nível de cansaço e tome consciência do destino da viagem e da intenção de desfrutar de conduzir sem pressa.
  1. Sente-se, respire fundo, sentindo o ar a entrar e sair do seu nariz.
  1. Depois de apertar o cinto de segurança, tome consciência da sua postura, das mãos no volante e do contacto do corpo com o banco.
  1. Quando surgirem pensamentos sobre temas que não tenham a ver com a condução ou quando for tentado a olhar para o seu telemóvel, volte a focar a atenção deliberadamente na estrada, na vista e nos sons.
  1. Pratique a bondade com outros condutores para desfrutar melhor de uma viagem segura.
  1. Um semáforo vermelho ou um engarrafamento são uma oportunidade para fazer uma pequena pausa para respirar conscientemente e voltar a focar-se na experiência do momento presente.
  1. Quando chegar ao seu destino, espere um momento antes de sair do carro e aproveite o silêncio.
  1. Volte com atenção ao corpo físico e perceba as sensações que a viagem tem sido capaz de produzir a nível fisiológico.
  1. Faça uma reflexão sobre se gostou da viagem ou se esta lhe criou stress. O que fará de diferente da próxima vez que conduzir?
  1. E, se quiser, tire alguns momentos para agradecer por ter chegado bem ao seu destino.

Imagens | Seat

--

Uma iniciativa da: