Trotinete: Sabe andar em segurança?

trotinete

As trotinetes vieram para «invadir» as cidades e não há quem já não tenha experimentado dar um passeio numa das muitas que se acumulam pelos passeios. Mas saberemos os cuidados a ter para andar em segurança?

A Lime e a ACP organizaram a primeira aula de condução de trotinetes em Lisboa e os participantes receberam capacetes.

Alternativa moderna

trotinete

Foram cerca de 30 utilizadores que estiveram presentes na “First Ride Academy”, onde puderam experimentar o meio de transporte e receber dicas práticas de um instrutor do Automóvel Club de Portugal (ACP).

A Lime, que já chegou a Portugal há mais de um ano, voltou a reforçar o compromisso com a segurança dos utilizadores e restantes ocupantes da via pública, agora com um workshop de utilização da trotinete. Os participantes que concluíram a formação receberam uma carta de condução simbólica que sublinhava os valores da marca: “Eu escolho a liberdade de viajar sem horários, sem trânsito e em segurança. Escolho um futuro mais verde”.

trotinete

Cinco dicas essenciais para andar de trotinete

Defina o pé diretor: é importante que o faça antes de subir à trotinete. Coloque um pé à frente e outro atrás para garantir mais equilíbrio, estabilidade e flexibilidade. Tanto faz que seja o direito ou o esquerdo, deve ser aquele com que se sinta melhor. Se tem dúvidas, peça a alguém que o empurre. O primeiro pé que levantar do chão é o pé diretor.

Assente bem os pés: O ideal é ter um ângulo de 45 ou 90 graus entre ambos para conseguir um maior equilíbrio.

Teste travões: Antes de começar a andar é importante perceber se está tudo a funcionar corretamente. Caso encontre alguma anomalia, desça da trotinete e reporte o problema através da aplicação. Caso a trotinetes esteja em boas condições, para travar, deve colocar o peso do corpo para trás.

Experimente o acelerador: regule a velocidade rodando o manípulo com o polegar e com o indicador, para melhor controlo.

Na dúvida, pare: se não souber como deve agir em relação a regras de trânsito, proximidade a peões ou em relação ao estado do piso, de forma a evitar possíveis acidentes.

trotinete

Balanço positivo

Nuno Inácio, diretor de expansão da Lime em Portugal faz um balanço positivo deste encontro, afirmando que «as trotinetes são cada vez mais parte integrante da mobilidade da cidade e sentimos a necessidade de reforçar estas dicas junto de atuais e futuros utilizadores. Contámos com a participação de pessoas de todas as idades, alguns que já usavam e queriam saber melhor as regras, outros que tinham a aplicação, mas, por insegurança, nunca  lhe tinham dado uso, e ainda um grupo que não tinha qualquer contacto anterior com a  marca, mas saiu totalmente rendido a esta alternativa. Sentimos que estes workshops são uma ferramenta essencial para integrar cada vez mais o dia-a-dia dos utilizadores».

trotinete
Com Lisboa a ser distinguida como Capital Verde Europeia, a Lime pretende reforçar os incentivos ao uso desta alternativa. Assim, lançou recentemente o LimePass, um modelo de subscrição semanal, que permite um desbloqueio semanal por 4,99€, com os utilizadores a pagar apenas os minutos que utilizam.

 

Fonte e fotos: Lime