Motos: sistema de chamada de emergência pode salvar vidas

Miguel Alves

21 August, 2020

Nas motos, ainda mais do que nos automóveis, quanto mais rápido chegar a assistência em caso de acidente, maior a probabilidade de se salvar uma vida.

Quando um acidente acontece, cada segundo é crucial. Quanto mais rápido o motociclista receber assistência, maiores as hipóteses de sobrevivência. Mesmo assim, o risco de morte de um condutor de moto numa colisão ainda é 20 vezes maior do que para um condutor de um automóvel. A realidade destes números levou a Bosch a desenvolver o Help Connect, um sistema automático de chamada de emergência conectado ao motociclo que tem o objetivo de diminuir o tempo de resgate da vítima.

“O Help Connect é mais um ‘anjo da guarda digital’ do amplo portefólio de sistemas de segurança para motociclos da Bosch”, afirma Harald Kroeger, membro da direção mundial do Grupo Bosch.

O sistema de chamada de emergência utiliza um algoritmo de colisão instalado na unidade de sensor de inércia das motos para detetar acidentes. Através de um aplicativo para smartphone, o Help Connect transmite informações sobre o condutor e o local do acidente para o Centro de Assistência da Bosch e, a partir dali, para os serviços de socorro. Mensagens automáticas deste tipo podem reduzir em até 50% o tempo necessário para que o resgate chegue ao local do acidente, indicam dados da União Europeia a propósito do sistema eCall.

App transmite dados sobre o condutor e o local do acidente durante emergência

O Help Connect baseia-se em informações do Controle de Estabilidade e, mais especificamente, da sua unidade de sensor de inércia. Esse sensor mede 100 vezes por segundo a aceleração e a velocidade angular do veículo, ou seja, calcula com precisão a posição atual do motociclo e o seu ângulo de inclinação.

Além disso, o algoritmo de colisão integrado também permite que o dispositivo detete automaticamente se o motociclista se envolveu num acidente ou se apenas houve queda ao estacionar a moto. Esta ação não requer uma unidade de controle adicional, o que torna a integração da solução às motos mais simples. Dessa forma, este dispositivo liga-se à App de emergência Vivatar da Bosch, via Bluetooth, mas não impossibilita que outros aplicativos, como dos fabricantes, também sejam integrados à solução de chamada de emergência.

Além das informações sobre a localização, o Help Connect também transmite dados médicos fornecidos pelo motociclista ao Centro de Assistência da Bosch que podem ser vitais para os serviços de socorro.

Caso deseje, o condutor também pode registar outras pessoas para receberem informações sobre o acidente automaticamente.

Em situações onde não há resposta do motociclista, os serviços de emergência são imediatamente direcionados ao local do acidente com base no GPS do smartphone, que geralmente é transportado próximo ao corpo do condutor.

Inicialmente, o serviço de chamada de emergência será disponibilizado para os clientes da Alemanha e os utilizadores poderão comunicar com o Centro de Assistência da Bosch em diferentes países da Europa, com opção de idiomas em inglês ou alemão.

Dados de acidentes analisados

Assim como todos os sistemas de assistência ao condutor da Bosch, o Help Connect é resultado de uma colaboração entre engenheiros com base em pesquisas realizadas pela empresa em diferentes partes do mundo. “Antes de desenvolvermos produtos que aumentam a segurança dos motociclistas, precisamos compreender as situações críticas que enfrentam”, explica Kroeger. O acesso a dados reais de acidentes envolvendo motos permite que os pesquisadores recebam um impulso para o desenvolvimento de inovações que coloquem o seu foco na segurança.

A propósito deste seu novo desenvolvimento, a Bosch reforça a grande importância para a segurança que representa estar ao volante de um motociclo com ABS ou sem ABS.

“Estudos apontam que até 25% dos acidentes poderiam ser evitados se todas as motos fossem equipadas com o dispositivo, ou seja, cerca de um em cada quatro acidentes envolvendo motociclistas com lesões ou mortes poderiam ser evitados”, destaca Michel Braghetto, gerente de Marketing da Divisão Bosch Chassis Systems Control no Brasil.

Imagens | Bosch

--

Uma iniciativa da: