Novo método de controlo do trânsito: manequins substituem polícias

André Gomes

24 January, 2020

Manequins disfarçados de policias estão a ser utilizados na Índia pelas autoridades para induzir nos condutores comportamentos de maior segurança.

Na Índia, as autoridades conceberam uma engenhosa forma de melhorarem o efeito persuasivo da polícia na fiscalização do trânsito.

A braços com milhões de veículos em circulação e com um incumprimento geral das regras elementares de trânsito, os responsáveis indianos começam a ensaiar novos métodos de controlo e vigilância, como aquele que foi introduzido na cidade de Bangalore.

Ali, a polícia disfarçou e vestiu 200 manequins (como os que se veem em montras de lojas de roupa) como agentes, colocando-os nas ruas da cidade.

O objetivo é causar um efeito dissuasor nos condutores, na medida em que, ao ficarem alertados pela presença de supostos agentes policiais, veem-se obrigados a respeitar as regras de trânsito e as velocidades máximas fixadas.

Os manequins têm a farda igual à dos polícias e para reforçar a credibilidade do disfarce são colocados em locais onde os policiais estão geral e igualmente posicionados.

Para garantir que o efeito dissuasor perdure o mais possível no tempo e evitar que os condutores após se aperceberem que o agente de autoridade presente na estrada é fictício deixem de tomar comportamentos seguros, as autoridades mudam constantemente o local onde o manequim é posto e, inclusive, vão, de modo alternado, colocando nesses locais agentes de trânsito reais.

--

Uma iniciativa da: