O pequeno-almoço é a refeição principal do dia. Mas, e se tivermos uma viagem grande?

Miguel Alves

5 August, 2020

O pequeno-almoço é a refeição principal do dia. Mas, e se tivermos uma viagem grande pela frente, o que devemos comer? Vamos ajudar.

Antes de levar o carro para sair de férias, é importante planear bem o percurso, mas também é importante que esteja equilibrado, em termos nutricionais, para que a viagem decorra com a maior segurança. Isto porque estando bem, as decisões que tomar quando se encontrar ao volante têm uma maior probabilidade de serem as mais corretas.

Conduzir com o estômago vazio é tão prejudicial como conduzir após uma grande refeição. Sonolência, fadiga e falta de concentração estão associados a problemas digestivos e isso, ao volante, é um risco que podemos e devemos evitar.

Quais alimentos dificultam a digestão e a nossa condução?

Não é necessária verdadeiramente energia extra para guiar um veículo. Uma dieta diária de 2.500 quilocalorias é mais que suficiente, considerando que numa viagem longa podemos consumir cerca de 1.000 kcal. Nesse sentido, o essencial é uma boa hidratação e manter sempre uma garrafa de água à mão.

desayuno viaje

Não devemos sair sem tomar um pequeno-almoço adequado antes de viajar de carro, mas devemos prestar atenção aos alimentos que ingerimos para não prejudicar a nossa digestão. Em geral, todos os produtos com excesso de açúcar nunca serão recomendados, pois causam picos glicémicos seguidos por quedas na glicemia. De acordo com Jonathan Little, autor do The American Journal of Clinical Nutrition, “tomar um pequeno-almoço com baixo teor de carboidratos e alto teor de gordura (como um abacate ou azeite virgem extra) no início do dia é a melhor maneira de evitar quadros hiperglicémicos”.

Devemos evitar doces ultraprocessados ​​(croissants, muffins e biscoitos industriais), bebidas açucaradas (sumos com adição de açúcar ou cacau solúvel) e chocolates abaixo de 75%. O café é uma boa opção estimulante, mas nunca em excesso, pois pode gerar taquicardia, agitação ou irritabilidade. Picantes (especiarias) ou certas leguminosas (feijão) também não são recomendadas, pois aumentam a temperatura corporal, causam flatulência, refluxo e hipersecreção de suco gástrico.

Manter as crianças afastadas de produtos processados

Atualmente, um grande número de produtos para o pequeno-almoço infantil contém altas percentagens de açúcares adicionados, corantes, intensificadores de sabor e aditivos. Por esse motivo, e como as crianças mais novas sofrem mais de enjoos no carro, devemos ter um cuidado especial com aquilo que comem no pequeno-almoço antes de iniciar a viagem.

Este tipo de substâncias artificiais – incluídas em cereais, doces e bebidas – é muito saboroso, mas gera contra-indicações que, no carro, as tornam um risco: sonolência, fadiga, cansaço, tontura, náusea, sensação de peso e saciedade.

Cuidado com o leite!

desayuno viaje

O leite faz parte da rotina de muitas pessoas ao pequeno-almoço, mas antes de uma longa viagem de automóvel, pode não ser a opção mais recomendada. É uma bebida que geralmente nos faz sentir “pesados“, pois leva muito tempo para ser digerido e estimula o corpo a produzir muco. Por outro lado, muitas pessoas não digerem bem a lactose ou são intolerantes a ela. No automóvel, podemos notar sintomas de enjoo, mesmo várias horas após o consumo, por isso é recomendável acompanhar o pequeno-almoço com bebidas mais leves, como chá ou infusões. Relacionado com isso, outros alimentos muito gordurosos, como bacon ou salsichas, também não serão os mais adequados.

Algumas ideias para o pequeno-almoço antes de uma longa viagem

Para tomar um bom pequeno-almoço antes de sair com o veículo, é melhor tomar uma bebida que o estimule para não cair na sonolência da manhã. Um café ou um chá gelado (para se refrescar neste calor) são a melhor alternativa a chocolates e cacau. Cafeína e teína aumentam a concentração na estrada. Com as infusões, deve haver cuidado, porque alguns tipos como o limão, a erva-cidreira, a valeriana, a flor de laranjeira ou a maracujá são geralmente usados ​​para ajudar acalmar ou adormecer.

O menu ideal para o pequeno-almoço deve incluir pelo menos alguns vegetais ou verduras como entrada (tomate, pepino, abacate), proteína de carne com baixo teor de gordura (peru ou frango), carboidratos como fibras (pão, grãos integrais) e frutas não ácidas (maçã, banana, pêra, uvas ou melão).

desayuno viaje

Algumas sugestões de pequeno-almoço:

Pequeno-almoço 1

Prepare a cafeteira com café moído, sendo sempre melhor se for 100% arábica, pois a torrefação é natural e com propriedades mais intensas. Evite café torrado, misto e solúvel, pois têm altos níveis de acrilamida. Corte o pão integral e torradas, para adicionar um bom esguicho de azeite extra-virgem e uma pitada de pimenta. As torradas podem incluir tomate ralado com uma fatia de presunto, um ovo mexido simples com queijo ou salsa ou abacate fatiado com salmão fumado. Para finalizar, escolha um pedaço de fruta de verão, como melão, melancia, figos ou nectarina.

Pequeno-almoço 2

Há milhares de anos que o chá faz parte do estilo de vida das pessoas em todo o mundo que procuram nesta bebida as suas propriedades curativas. Escolha o chá que mais gosta de acordo com a intensidade:

  • Branco: mostra potencial na prevenção de diabetes, doenças cardíacas e cancro.
  • Verde: possui antioxidantes que ajudam a baixar a pressão arterial. Melhora a concentração.
  • Vermelho: têm um aroma rico e amadeirado e melhoram a digestão.
  • Preto: sofre uma oxidação mais intensa, o que lhe confere um sabor característico, forte e sólido. Também tem mais teína.

Bata alguns ovos, tempere e adicione os ingredientes que mais gosta: presunto e queijo, variedade de cogumelos, abóbora em cubos, etc.

desayuno viaje

Pequeno-almoço 3

Com as altas temperaturas do verão, corremos o risco de ficar desidratados durante as longas horas de viagens no carro, pelo que um pequeno-almoço com água fresca é ideal. Uma combinação perfeita pode ser a água, alguns gelados e frutas, vegetais, ervas ou especiarias com os seus aromas espremidos. Pode usar os que mais gosta, mas recomendamos que experimente limão, laranja, mel, menta, coentro, mirtilo, romã, manga e kiwi. Uma ótima opção é congelar uma caixa de uvas e usá-las como gelo.

Para acompanhar o seu refrigerante, despeje um iogurte grego ou kefir numa tigela e misture com alguns grãos de aveia e várias frutas picadas. A mistura de banana e morango com pitadas de chocolate nunca falha.

Aproveite a suas viagens de verão com segurança e comece bem a viagem antes mesmo de entrar no carro. Um pequeno-almoço cuidadoso não apenas melhora a sua segurança ao volante, mas também o seu humor, concentração e bem-estar.

Imagens | iStock AnaBGD Arx0nt Plateresca Halfpoint evgenyatamanenko

--

Uma iniciativa da: