IC8: o que vai ser feito para melhorar a segurança?

IC8

Palco de vários acidentes mortais, o Itinerário Complementar 8 (IC8) será alvo de alguns trabalhos para tentar mitigar o risco de sinistros nalgumas zonas.

O Itinerário Complementar 8 (IC8) tem sido das artérias rodoviárias que ultimamente mais tem estado no foco das atenções entre nós, por tristes motivos, devido à sinistralidade que nele tem ocorrido.

Uma das ocorrências mais recentes ocorreu no dia 24 de setembro, com a morte de seis pessoas num trágico acidente de viação, envolvendo duas carrinhas.

Em resposta ao relatório de segurança rodoviária elaborado pela Câmara de Pombal, a Infraestruturas de Portugal (IP) elaborou agora um plano de ação para o troço do IC8 que atravessa o concelho de Pombal.

De entre as ações referidas pela IP numa comunicação enviada à Câmara Municipal do Pombal que a imprensa local (“Pombal Jornal” e “Diário de Leiria“) deu conta, encontra-se o prolongamento da marcação do eixo “constituída por linha branca contínua” entre aproximadamente o km 42 e o km 42+840 e a readaptação da correspondente sinalização vertical de código, bem como entre o km 44 e o km 44+480.

A IP irá também instalar vários sinais de sinalização vertical, designadamente com limitação de velocidade.

IC8

Também será cortada a vegetação para melhorar a visibilidade da intersecção, junto ao km 50+600. Entre o km 25 e o km 56, no âmbito dos trabalhos de conservação da via, será dada especial atenção à remoção de detritos dos veículos, designadamente nas bermas, nos separadores centrais e nos órgãos de drenagem.

Ainda segundo a referida imprensa regional, a Infraestruturas de Portugal anuncia que também “está em curso o desenvolvimento do projecto de iluminação para o nó de ligação do IC8 ao IC2”.

Esta intervenção, que pretende mitigar o risco de sinistralidade, deixa ainda algumas questões no ar, como saber a quem compete a iluminação do nó de ligação do IC8 à A1/EN237, dado que a IP esclarece que se trata de um lanço que foi entregue ao município, ao passo que a autarquia alega que essa entrega nunca foi formalizada.

O IC8 é conhecido por apresentar um elevado tráfego de veículos pesados, nomeadamente de transporte de madeira dos vários concelhos do Pinhal Interior para as fábricas de celulosa da Praia da Leirosa, para o próprio Porto da Figueira da Foz e para a Estação de Comboio.

No troço Pombal – Pontão (Ansião) o traçado do IC8 é praticamente coincidente com o traçado da EN237.

Fotos: Google