O último ao volante: tecnologias para conduzir melhor

Redacción Circula Seguro

17 December, 2021

Nos últimos anos, a tecnologia aplicada à condução tem avançado tanto que já quase não nos surpreendemos pela evolução dos equipamentos de série dos novos veículos. Conforto e segurança são as premissas de alguns dos desenvolvimentos que apresentamos abaixo e que marcarão um antes e um depois quando se trata de chegar ao volante. Tome nota!

Estrutura Versátil Avançada (AVS)

Esta tecnologia garante a segurança dos passageiros, verificando a configuração dos cintos de segurança, enconstos de cabeça, airbags e bancos para que estejam em perfeitas condições. O veículo também monitoriza a temperatura da pele, o ritmo cardíaco ou respiratório e a pressão sanguínea para orientar os ajustes da distribuição do ar ou a configuração do calor durante a viagem. Se detetar stress, fadiga ou tonturas, o veículo oferecerá experiências multi-sensoriais para relaxar ou refrescar os passageiros.

Brain-to-Vehicle

Este sistema deteta e analisa as nossas reações de condução para prever possíveis ações de condução. Por exemplo, deteta a intenção da cada movimento para poder antecipar as situações que o condutor enfrenta. Quando o sistema identifica que estamos prester a iniciar uma ação, a tecnologia funciona para que isto aconteça com a maior rapidez e eficiência. Esta tecnologia também pode ajudar a manter o controlo do veículo na estrada, particularmente, as com muitas curvas.

Forward Collission Avoidance Assist Concept

Esta tecnologia utiliza um sensor de radar sensível que é capaz de calcular a distância entre o veículo e o veículo da frente na estrada, bem como a velocidade relativa do veículo da frente. Se o sistema considera que é necessário diminuir a velocidade, avisa o condutor através do monitor do veículo e também com um sinal sonoro. Então, gera uma força que empurra o pedal do acelerador e trava suavemente, para ajudar a diminuir a velocidade. Quando deteta a possibilidade de uma colisão, aplica de forma automática uma travagem mais eficaz e aperta o cinto de segurança do condutor.

LIDAR

Sigla de Laser Imaging Detection and Ranging. É um sistema de medição e deteção de objetos com laser, utilizado principalmente nos carros autónomos. No entanto, este tipo de sensores, câmaras de vídeo e sensores de ultrasons também serão muito úteis para que o carro detete possíveis obstáculos e informe o condutor antes de ter que tomar uma decisão de última hora. Em estradas com baixa visibilidade, o carro pode informar-nos se um carro se aproxima ou se existe um obstáculo.

Biometria

A biometria está a ser incorporada nos veículos para aumentar a segurança contra roubos. O sistema tradicional de chaves acabará por desaparecer. De facto, a tecnologia NFC já permite desbloquear o carro com o seu telemóvel, mas o passo seguinte será poder desbloquear e colocar em funcionamento com as nossas impressões digitais ou reconhecimento facial.

AR Dashboards

A realidade aumentada por enquanto faz parte de protótipos de veículos, mas é provável que não demore muito até ver carros que projetam sinais de rota na estrada. Luz, infravermelhos, câmaras ToF 3D, sensores LIDAR…. Todo um conjunto de dispositivos ao serviço de rotas mais seguras e confortáveis.

Tecnologia V2V

A tecnologia V2V (car-to-car) permitirá que os veículos ligados comuniquem-se entre si para ajustar a sua velocidade de acordo com os outros carros ou receber avisos de emergência se um carro ficar preso alguns quilómetros à frente. Esta tecnologia já está presente em alguns veículos.

Etiquetas

Mais smart
--

Uma iniciativa da: