Escolas de condução, falência anunciada (2)

Escolas de condução, falência anunciada

O actual regime jurídico de escolas de condução prevê que a formação de um candidato à obtenção de carta de condução da categoria “B” frequente, com aproveitamento, o que é sempre muito relativo, 28 lições teóricas e 32 lições práticas, estas últimas de 50 minutos cada.

Sabendo-se da dificuldade em respeitar, a rigor, esse tempo de 50 minutos, não será considerada lição prestada se apenas forem ministrados 49 minutos. Acontece que essa contabilidade é de todo impossível, a não ser que cada viatura tenha um sistema de registo dos tempos de condução.

Ler mais…

Escolas de condução, falência anunciada (1)

Escolas de condução - falência anunciada

Longe vão os tempos em que as escolas de condução tinham um papel social de elevado crédito na formação de novos condutores e de respeito por novas aprendizagens. Hoje a realidade é bem diferente e as escolas de condução são olhadas, apenas, como mais um degrau de passagem imposta, legislada por um regime jurídico próprio.

Se nos anos 70, 80 e até mesmo 90, do século passado, as escolas de condução, com um maior ou menor nível de corrupção nos resultados dos exames exerciam uma função preponderante, a verdade é que nos tempos que correm, essa preponderância, transformou-se em obrigatória banalidade institucional. Veja-se o caso do papel do tutor.

Ler mais…

Como agir numa inundação relâmpago

inundações relampago

A inundação relâmpago é uma inundação rápida de áreas geomorfológicas baixas, como zonas adjacentes de rios, lagos secos e bacias, estas bacias podem ser simplesmente áreas de depressão no relevo de uma encosta. Esta ocorrência pode ser causada pela chuva forte associada a uma tempestade, geralmente o que acontece em Portugal, ou ainda pela descongelação rápida do gelo ou neve fluindo sobre as camadas de gelo ou campos de neve.

As inundações relâmpago podem também ocorrer após o colapso de uma barragem de gelo natural ou de detritos num rio, ou então pelo colapso de uma estrutura humana, como uma barragem. As enchentes relâmpago diferenciam-se de uma inundação normal por ocorrerem num período curto de tempo, a definição geralmente usada é de menos de seis horas. Saiba como agir numa inundação relâmpago.
Ler mais…

O tutor na formação de novos condutores

O tutor na formação de novos condutores

O novo Regime Jurídico de Escolas de Condução, aprovado pela Lei 14/2014 de 18 Março, vem trazer à luz do dia um novo elemento formativo – o tutor. Estando de acordo com o que está contemplado no artigo 7º da referida Lei, passa a ser mais um elemento no curriculum de aprendizagem do futuro condutor.

Até então não era aceitável, pedagógicamente, que pessoas sem formação adequada e profissional exercessem o papel de formador de futuros condutores, sendo, inclusive, sancionados com coima sempre que eram detectados a fazê-lo.

Ler mais…

Escolas de condução “Low Cost” – fim anunciado.

Escolas de condução low cost

Já aqui abordamos a existência das escolas de conduçãoLow Cost” e o seu impacto no ensino da condução automóvel, não apenas na qualidade da formação, mas também na própria existência exequível do sector formativo.

Este sistema do “Low Cost” foi desenvolvido nas escolas de condução, com vista a angariar mais clientes, aliciando-os com preços baixos na aquisição do seu titulo de condução, no entanto “escondendo” valores com os quais os clientes das escolas serão mais tarde confrontados.

Ler mais…

Conselhos para conduzir com nevoeiro

Conduzir com nevoeiro - CS

Todos nos lembramos do acidente mais trágico até aos dias de hoje nas estradas portuguesas, no dia 23 de Agosto de 2010, quando 57 veículos embateram na A25 junto ao nó das Talhadas. Tudo devido ao nevoeiro, pois bem o nevoeiro é provavelmente o elemento mais perigoso na estrada, uma vez que impede a visão da estrada que se encontra à frente e em alguns casos tão denso que torna-se impossível conduzir. Para quem nunca conduziu naquela zona da A25 experimente a colocar uma folha de papel vegetal à sua frente e é o mesmo resultado, quando o nevoeiro é muito denso naquela zona é impossível de conduzir, limitamo-nos a seguir as linhas sem qualquer ideia do que possa estar à nossa frente.

Ler mais…

Street Racer – Do espectáculo à realidade

Race wars - do espectáculo à realidade

A modalidade Street Racer, se é que lhe podemos chamar modalidade, é algo que atraí centenas de condutores, alguns equipados com máquinas de grande potência, transformadas, outros com viaturas mais modestas, no entanto igualmente demonstradoras de diferença rodoviária.

Há alguns anos atrás, em Portugal houve uma forte adesão às corridas espontâneas, supostamente não organizadas, ou pelo menos não oficialmente organizadas. Decorreram em diversas cidades, utilizando para tal vias urbanas e em muitos casos vias não urbanas, no entanto de tráfego elevado.

Ler mais…

Como obter o cartão de portador de deficiência?

estacionamento deficientes

Os individuos que possuem um determinado nível de deficiência motora beneficiam de uma descriminação positiva, por parte do legislador, de forma a reduzir as dificuldades inerentes à sua limitação física.

Se este é o seu caso, ou de alguém próximo de si, saiba como obter o cartão de portador de deficiência que lhe permite, por exemplo, estacionar nos locais reservados para condutores portadores de deficiência.

Ler mais…

Vias rurais e sua segurança rodoviária

Vias rurais e sua segurança

Muitas são as vias de circulação que se enquadram em espaços rurais. A elas nos designamos como vias rurais de circulação rodoviária. Muitas destas vias são utilizadas de modo a se ter acesso a outros meios de comunicação terrestre, como estradas nacionais ou auto-estradas.

Estas vias rurais são, habitualmente, utilizadas por veículos de orientação rural, nomeadamente tractores agrícolas e veículos florestais que, utilizando espaços de cultivo agrícola ou matas, se deslocam na via pública no seu acesso directo ou de passagem entre campos de acção.

Ler mais…

Quem não gosta do cheiro a carro novo? Fique a saber que é mau para a saúde

Carro novo - CS

Um carro novo é uma fonte de odores que, para uns, são agradáveis porque associados a algo saído da fábrica e a estrear, mas para outros dá dor de cabeça ou náusea garantida.

Quem tem mais razão? Provavelmente quem não gosta do cheiro, porque na verdade os agentes químicos que o provocam não fazem bem nenhum à saúde. Assim, já sabe: se comprou carro e sente o forte cheiro a novo, abra os vidros sempre que possível até que os vapores nocivos desapareçam, o que geralmente acontece cerca de dois meses depois do fabrico.

Ler mais…