Sabe como lavar o seu SUV/TT?

Um SUV ou um veículo todo-o-terreno podem obrigar a cuidados especiais no que diz respeito à sua lavagem e à própria condução. Basta que o seu proprietário seja radical e faça algumas aventuras e passeios fora de estrada com ele. O Circula Seguro deixa-lhe dicas importantes para limpar, cuidar e conduzir o seu SUV, no caso de não o utilizar apenas em asfalto.


Para saber tudo sobre a limpeza de um veículo todo-o-terreno ou SUV, basta ler este artigo. Antes de limpar um veiculo TT cheio de lama deve ter em conta que não convém colocá-lo num túnel de lavagem ou limpar a carroçaria com um pano húmido, correndo o risco de deteriorar a pintura e, inclusivamente, riscar ou partir um vidro.
A passagem pela lavagem automática só deve acontecer depois de ter eliminado a maior parte da lama. Por isso, o melhor procedimento é, utilizar numa primeira fase, água com pressão.
Se tiver uma máquina de pressão de água melhor, porque eliminar quantidades de lama e barro à base de moedas de um euro ou de 50 cêntimos pode transformar-se num investimento avultado ou então pode entupir a canalização do centro de lavagem.
É preciso avaliar que, a partir de um determinado estado de sujidade (quantidade de terra e de lama), deixa de ser económico lavá-lo você, uma vez que vai demorar muito tempo e existem sempre zonas inacessíveis. Por isso, aconselhamo-lo a recorrer a uma lavagem profissional que vai limpar o seu veículo de A a Z deixando-o impecável.
No caso da lama estar seca, convém dar uma primeira passagem com água de forma a humedecer as superfícies. As chapas e os vidros podem ser lavados de forma absolutamente normal, sem grandes preocupações. Já a suspensão, as rodas ou a zona inferior do veículo, convém serem lavadas com mais atenção. A limpeza das rodas tem de ser feita, primeiro pelo interior, e só depois pelo exterior. Isto vai obrigá-lo a fazer menos passagens, já que lavando as jantes por dentro, vai enviar a sujidade para o lado de fora. Depois é só completar a lavagem.
O único elemento que precisa de ter mais atenção é com o motor. A pressão não deve ser aplicada de muito perto, uma vez que pode molhar o sistema elétrico. A limpeza com água é conveniente, mas a partir de uma distância considerável.
Não se esqueça de utilizar roupa mais velha ou de trabalho. Se quer deixar o SUV num brinco vai acabar por se sujar. Com as nossas dicas fará uma lavagem completa ao seu automóvel.

Uma boa lavagem

No caso de ter realizado um percurso em pisos poeirentos ou enlameados, tenha em atenção que pedras, ramos de árvore e outros detritos podem alojar-se entre a transmissão, suspensões ou outros órgãos mecânicos.
Pois bem, a primeira coisa a fazer, logo que a aventura tenha terminado, é escolher onde fazer a lavagem. Pode optar pelas lavagens automáticas, pelas “self-service” ou então, fazê-la você mesmo. No primeiro caso, a limpeza do chassis do carro fica seriamente comprometida. Não é possível que todas as partes do chassis fiquem bem lavadas e os tais detritos acabam por ficar onde não devem.
Se optar pela lavagem “self-service”, poderá gastar um pouco mais em moedas, mas tem a possibilidade de lavar de forma eficaz a parte inferior do jipe, as cavas das rodas (as próprias rodas) e todas as junções da carroçaria. Infelizmente, não pode levar os seus próprios produtos de limpeza e o custo final é um pouco dispendioso. Poderá sempre optar pela lavagem personalizada, mas a relação custo/qualidade é capaz de ser desmotivadora.

“Faça você mesmo”

Esta é a melhor solução. Perca algum tempo e desloque-se a um supermercado para comprar alguns produtos. Um bom champô automóvel, um produto para limpeza de estofos e plásticos, um limpa-jantes, um limpa-pneus, uma escova macia com cabo comprido e petróleo.
Comece por se deslocar a uma estação e lavagem “self-service” e com a agulheta, lave bem a parte inferior do chassis. Tenha muita atenção às reentrâncias das partes metálicas e tire todas as impurezas das cavas das rodas.
Agora, começa o trabalho a sério. Pegue num balde e misture um pouco de petróleo com água. Lave toda a carroçaria, rodas e plásticos com esta mistura. Vai desengordurar a pintura e remover os “lixos” que estão mais renitentes em sair. Depois, passe com água limpa e repita a operação, desta feita com uma mistura de água/champô e a ajuda da escova macia. Esfregue bem toda a carroçaria, vidros e plásticos. Não se esqueça das jantes. Passe novamente por água e, depois, utilize os produtos que mencionámos acima.

Fotos: Pixabay