Alguns fatores esquecidos na sinistralidade

animais na estrada

A segurança rodoviária depende de diversos fatores, o mais conhecido e comentado é o binómio condutor e veículo, outros passam mais ao lado, sendo relegados para o esquecimento e só são aflorados algumas vezes, geralmente quando acontecem acidentes onde estes fatores são os que criam problemas os utentes da via pública.

Vento lateral

Durante uma viagem, já deve ter sentido seu carro balançar, principalmente em trechos de estrada mais abertos e desprotegidos. Uma rajada de vento lateral pode desestabilizar seu carro, chegando em casos extremos ao ponto de fazê-lo sair da estrada.

Uma forma de perceber a intensidade do vento é verificar se as árvores e arbustos dispostos ao longo da estrada estão a ser agitados de forma significativa. Se estiverem, reduza a velocidade de forma suave e segure o volante com mais firmeza.

Este fator também ocorre ao ultrapassar ou ao ser ultrapassado por um veículo de grandes dimensões ou com um grande diferencial de velocidade em relação ao seu veículo. Alguns modelos são mais afetados que outros.

No caso dos veículos pesados, sejam de mercadorias ou de passageiros, o seu grande volume provoca um grande deslocamento de ar, que faz com que seu carro balance. Nestes casos segure o volante com firmeza e mantenha a trajetória mais reta possível.

Ultrapassagens

É durante as ultrapassagens que acontece o maior número de acidentes nas estradas, principalmente por imprudência durante a execução na manobra. Procure ser sempre preciso ao calculá-la, verificando se consegue ultrapassar no espaço visível à sua frente e em segurança.

Volte à sua faixa logo que seja seguro. Não ultrapasse em curvas e lombas, a ultrapassagem é uma manobra que deve ser efetuada só quando tem boa visibilidade da via de sentido contrário. Não ultrapasse em linhas contínuas. Na chuva, a atenção tem de ser redobrada devido à fraca aderência.

Só faça uma ultrapassagem com absoluta certeza de que conseguirá completá-la sem colocar em risco sua segurança e a dos demais veículos. Ao ser ultrapassado o cuidado deverá ser também grande, facilite a manobra, se necessário e possível diminua a sua velocidade até que o outro carro passe e atinja uma distância segura.

Animais na via

Ao avistar animais andando na estrada ou nas proximidades, após confirmar pelos espelhos retrovisores a inexistência de carros por perto, reduza a velocidade e redobre a atenção. Caso os animais cruzem a estrada passe por detrás deles. Evite buzinar pois pode assustá-los.

Encadeá-los com os máximos à noite pode paralisá-los à sua frente, o que também aumenta o risco de acidente. É preferível reduzir ou parar e esperar que passem, procurando sinalizar a outros condutores sobre o perigo, ligando os 4 piscas por exemplo.

Foto | Blink+