É possível trocar todos os filtros do carro em casa?

Não é incomum descurarmos a necessidade de proceder à troca dos filtros do carro. Talvez ser praticamente garantido que serão trocados no momento das revisões. Mas, e se optarmos por fazer a troca em casa? O que poupamos na mão de obra valerá a pena?

Vamos descobrir quais os filtros que quase todos os carros possuem e se é possível proceder à sua substituição em casa. É do conhecimento comum que um filtro entupido, ou danificado, trará problemas no futuro. Mas vamos a cada um dos casos.

A importância de trocar os filtros

Dependendo da função do filtro os problemas que trazem são de diferentes origens. Se for o filtro de ar, óleo ou combustível as consequências serão no motor. Se se tratar do filtro do habitáculo o problema será para si e para quem viaja consigo no veículo.

As impurezas que penetraram no habitáculo atingem uma quantidade superior aquela que entraria se o filtro estivesse em condições. Qual a frequência com que os filtros devem ser trocados? E essa intervenções serão passíveis de serem efetuadas em casa? Veja as respostas para cada tipo de filtro ao longo deste artigo.

Filtro de ar

Existem diferentes tipos de filtro de ar, existem em papel, espuma e inclusive algodão. A função do filtro do ar é garantir que não entram detritos no sistema de alimentação do motor. As impurezas podem provocar danos no sistema de injeção, válvulas ou até no próprio cilindro.

A entrada de impurezas também altera a mistura de combustível que deixa de ser a melhor. Isto significa que o veículo perde potência, provoca um aumento no consumo de combustível.

A expetativa de vida de um filtro de ar é de cerca 20 mil quilómetros, ou dois anos. Findo um desses prazos o componente deve ser substituído por outro. Se circula regularmente em estradas com muita poeira, ou estradas de terra, a vida útil do filtro diminui significativamente.

Será que dá para limpar e reutilizar o filtro? Verifique se o filtro é descartável, nesse caso tem de ser substituído. Caso contrário pode tentar limpá-lo. A maneira mais simples é aspirá-lo, atenção que só funciona se a sujidade for de pouca monta.

Caso a sujidade for muita e estiver entranhada no filtro a solução pode exigir uma lavagem. Verifique sempre a integridade antes e depois da limpeza. Caso o filtro esteja danificado não vale a pena limpá-lo. Caso o tenha danificado a limpar não deve recoloca-lo, substitua-o.

Estes filtros geralmente são fáceis de substituir em casa, não implicando grande trabalho. O que poupará em despesas em relação ao cobrado numa oficina será também pouco. Mas sempre serão alguns euros.

Substituição do filtro de óleo

O motor ao trabalhar liberta pequenas partículas metálicas que se libertam dos componentes em atrito. Estas partículas prejudicam o rendimento do motor e podem danificá-lo. Filtrar o óleo acaba sendo a forma de colhê-los, evitando a circulação pelo motor. Assim, o filtro, após algum tempo, acumula detritos e necessita de ser substituído.

O filtro de óleo deve ser mudado sempre que se muda o óleo do motor. Alguns proprietários optam por efetuar a mudança a cada duas trocas de óleo. Caso não o faça atempadamente, o filtro irá perdendo qualidade o óleo com detritos que circulam pelo motor pode levar a danos no motor.

Com o espaçamento entre cada mudança de óleo a aumentar a troca de filtro aumenta de relevância. Nos carros recentes as trocas de óleo são agendadas a cada 2 anos, podendo ser aos 10, 20 ou 30 mil quilómetros percorridos.

No caso dos modelos mais antigos o intervalo de tempo é de um ano, variando as mudanças entre os 5.000 e os 10.000 quilómetros andados. Consulte sempre o manual do seu carro e siga o que estiver lá indicado pelo fabricante.

Efetuar esta troca em casa implica possuir alguma paciência, dispor de um local adequado e não ter medo de sujar as mãos. É uma operação que implica a utilização de uma ferramenta específica, uma chave de filtro de óleo. Pode tentar como o exemplo da foto de abertura deste artigo… mas o esforço será inglório.

O custo desta peça varia dos 10 aos 20 euros, conforme os modelos à venda no mercado. A poupança ganha ao efetuar esta mudança em casa será de poucas dezenas de euros. Poderá ganhar maior margem ao efetuar esta operação na diferença do preço de aquisição do óleo e naturalmente na mão de obra.

Qual a necessidade de trocar o filtro de combustível?

O filtro de combustível tem como objetivo impedir que chegue ao sistema de injeção e ao motor partículas prejudiciais. Por isso o funcionamento difere ligeiramente conforme o combustível que o seu veículo usa.
Caso seja a gasolina a tarefa primordial consiste em deter as impurezas do combustível antes que estas cheguem ao motor.

Nos motores a diesel o filtro tem como função principal impedir que qualquer água no combustível passe, evitando a corrosão dos elementos metálicos do motor e problemas pela pressão que esta causará. De qualquer uma das formas o objetivo é impossibilitar que cheguem impurezas ao motor.

A sua vida útil é de aproximadamente 25 mil a 30 mil quilómetros. Para confirmar qual o prazo consulte o manual da viatura. Ao trocar com a frequência indicada pelo fabricante, garante o bom estado de conservação do sistema de injeção do motor.

…e o filtro esquecido

Todos os filtros que mencionei até ao momento têm como objetivo de funcionamento garantir a saúde do motor do carro. Que filtro será esse que é quase sempre esquecido? Trata-se do filtro do habitáculo, este ocupa-se de garantir a sua saúde e dos restantes ocupantes do seu veículo. Pois o filtro do habitáculo garante a qualidade do ar no interior do veículo.

Este filtra as impurezas que possam vir a entrar, tais como o pólen e o . Geralmente deve ser trocado a cada 15 mil quilómetros, a cada ano, ou quando sentir um mau cheiro ao ligar o ar condicionado. A facilidade de troca deste filtro varia imenso conforme os modelos, procure no manual do seu carro onde se situa este filtro. Por vezes fica no porta-luvas, outras perto da consola central.

Conforme a localização poderá ser ou não viável e economicamente vantajoso fazer a troca você mesmo. Esta operação por norma não é muito cara, o filtro em si é que por vezes é mais dispendioso do que supúnhamos.

Consequências da negligencia na mudança dos filtros

Além dos danos que potencialmente podem ocorrer, a negligência na troca dos filtros culmina geralmente num aumento de consumo. Se a passagem do ar ou se a passagem do combustível tem impedimentos que condicionam a sua passagem todos os outros componentes serão esforçados desnecessariamente.

Inevitavelmente ocorrerá um aumento do consumo de combustível. As emissões de CO2 e outros poluentes provavelmente também serão afetadas, aumentando. A vida útil espectável do motor será diminuída, tudo fatores que acarretam um aumento de gastos desnecessários e evitáveis.

Assim, podemos concluir que sim é possível trocar todos os filtros em casa. Para alguns casos será necessário possuir determinadas condições de espaço ou ferramentas. Se possui um talento mínimo para mecânica e não tem medo a se sujar, ponha mãos à obra.

Nalguns casos o ganho económico será só marginal, provavelmente não compensando o trabalho de quem não tenha experiencia neste tipo de atividades. Pondere caso a caso. Ser um bom condutor não se tratas só de cumprir regras e seguir as indicações dos sinais de transito.

Ser um bom condutor envolve outros fatores, como tratar atempadamente da manutenção do seu carro. Se o fizer estará não só a poupar no longo prazo, como também o veículo será mais ecológico. O conforto a bordo será mantido a níveis aceitáveis o que permitirá que no global seja um veículo que circula mais seguro.

Foto | Moody Air Force Base