Segurança rodoviária no Natal

Segurança rodoviária no Natal

Com a entrada na penúltima semana do ano e, consequentemente, semana do Natal, o fluxo de trânsito nas estradas portuguesas vai sofrer um aumento considerável. Com esse aumento, que surge todos os anos, aumentam também os riscos de sinistralidade.

Todos os anos as forças de fiscalização e controle da Guarda Nacional Republicana e Polícia de Segurança Pública, pela ocasião do Natal, lançam campanhas de aproximação ao condutores e aconselhamento. Todos os anos essas forças policiais alertam os condutores para a necessidade de se circular em segurança.

A reunião familiar do Natal

O Natal é, para os cristão, essencialmente, a reunião familiar de confraternização daquilo que a história religiosa conta, mas é essencialmente, uma época do ano onde as famílias se encontram para uma reunião familiar. Isso faz com que, muitos deles, tenham de se fazer à estrada, percorrendo centenas de quilómetros.

Ao percorrerem tamanhas distâncias, muitas vezes a pressa de chegar faz com que desenvolvam uma condução menos própria à segurança rodoviária que a época de Natal exige, uma vez que o número de viaturas é muito mais elevada. Essa deve ser uma postura a não ostentar, promovendo sim uma condução mais à vista.

Só desta forma conseguiremos diminuir a taxa de sinistralidade, mas essencialmente a dor que ela provoca. Assim, sejamos ou não crentes do que o Natal representa, estejamos ou não em deslocação para junto da família, devemos, todos nós, promover uma condução mais segura, uma velocidade mais adequada e manobras mais bem avaliadas.

Nesta semana que começa, faça boa viagem e tenha um quadra festiva em segurança.

Foto¦ Siegele Roland