A importância da distância de segurança

distância

Manter uma distância de segurança correta em relação aos veículos que nos precedem é uma das normas básicas que devemos seguir caso queiramos conduzir de forma segura. Contudo, nem sempre é fácil estimar qual é essa distância. Ao longo deste artigo vamos recorrer à matemática e à física básica para estimar de forma aproximada qual é a distância de segurança mínima adequada em cada situação. Acompanha-nos?

Tempo de reação e distância de travagem

Antes de fazer contas, devemos saber quais são os dois principais fatores que têm influência no momento de calcular a distância de segurança adequada. O primeiro deles é o tempo de reação, que é o tempo que medeia a estimulação de um órgão sensorial e o início de uma resposta ou de uma reação”. Aplicado a uma situação de emergência enquanto conduzimos, é o tempo que passa entre apercebermo-nos de um perigo e atuarmos sobre os comandos do veículo para evitar uma colisão.

Por outro lado, temos a distância de travagem, que como o seu próprio nome indica, é a distância que o nosso veículo demora a imobilizar-se completamente, desde o momento em que pisamos o travão a fundo.

distância

Para analisar como se estas duas métricas com a distância de segurança, vamos imaginar uma situação hipotética em que estamos a conduzir numa autoestrada e o veículo que nos precede trava bruscamente à nossa frente.

A nossa reação natural será pisar o travão com a maior rapidez e força, para evitar a colisão. O tempo que ocorre entre a perceção do perigo e o momento em que pisamos o travão é o tempo de reação. Durante esse intervalo de tempo, teremos percorrido uma quantidade de metros concreta na qual não reduzimos a velocidade do veículo.

Ao travar, ainda vamos percorrer uma quantidade variável de metros, que depende do estado dos travões, dos pneus, suspensões, etc., até imobilizarmos efetivamente o carro. Estes metros são a distância de travagem.

distância

A distância de segurança em números

Vamos tentar estabelecer números nesta situação que acabámos de criar. Começando pelo tempo de reação, para uma pessoa em plenas faculdades físicas e mentais, estima-se ser de 0,75 segundos. Este número aumenta notoriamente caso estejamos cansados, sonolentos, se tivermos consumido qualquer tipo de droga, etc. Supondo que circulamos a 120km/h, nesses 0,75 segundos percorremos 25 metros antes de travar.

No que respeita à distância de travagem, é mais difícil estabelecer números gerais, já que é um parâmetro que depende de cada veículo. Generalizando, podemos estabelecer que um ligeiro de passageiros moderno, com uma manutenção perfeita, se imobilizará dos 120 km/h em 65/70m.

Estes 70 metros de travagem, juntamente com os 25 metros que percorremos até pisar o pedal, fazem com que tenhamos demorado a parar o carro – desde que vimos o perigo – uns 95 metros. Sabe a cada quantos metros se colocam os sinais na estrada que permitem medir a distância de segurança na autoestrada? A cada 100m, muito próximo do número que obtemos nos nossos cálculos.

distância

É preciso salientar que o exemplo de que falámos representa uma situação ideal, na qual não só o condutor reage com a maior velocidade possível, como também supomos que conduz um carro moderno, não muito carregado e num estado impecável em termos de manutenção. Considerámos também que o piso está em perfeitas condições e, o mais importante, está seco. Em condições de chuva a distância de travagem pode chegar a duplicar ou triplicar.

Como na vida real é difícil reproduzir condições tão idílicas, na autoestrada é recomendável deixar pelo menos 150m de distância do carro que nos precede ou, se quisermos ser generosos e o tráfego o permitir, 200m seria o ideal.

Para finalizar, é ainda necessário perguntar: que distância devemos deixar em vias de menor velocidade? Numa estrada convencional, onde o limite é 90km/h, percorremos 18,75m antes de pisar o travão, enquanto que a distância de travagem nos veículos modernos ronda os 40m, pelos que vamos andar uns 60m até deter o carro numa emergência. Por isso, é recomendável deixar pelo menos 75m de separação do carro da frente.

No que toca a vias urbanas, a 50km/h é recomendável deixar pelo menos 25, enquanto uque em vias de 30km/h, 9 metros é uma distância de segurança suficiente.

Fonte: www.circulaseguro.com