Sabe ser um bom peão?

Mesmo condutores de automóveis do dia-a-dia, todos nós já fomos ou iremos ser num determinado momento, um peão. Peão é o nome que se dá à pessoa que anda a pé na via pública. Esta via pública é formada pela faixa de rodagem, por onde circulam os veículos e pelo passeio ou berma, onde circulam os peões.

Os peões serão, por defeito, os utilizadores mais vulneráveis da estrada, uma vez que não utilizam qualquer tipo de proteção quando o fazem. Assim sendo, existem regras fundamentais para quem anda a pé na estrada. São regras básicas e simples que todos nós devemos seguir. Se fizer tudo o que lhe indicamos no texto abaixo, pode ficar com a garantia de que lhe passavam um diploma de bom peão.

1 – Circule sempre nos passeios e coloca-se do lado direito.

Deste modo, quem circula do lado de fora do passeio está virado de frente para os veículos.
Caso não haja passeio, circule do lado esquerdo, de frente para os veículos e o mais longe possível da faixa de rodagem. Quando circular em grupo, em passeios estreitos, bermas ou em estradas sem berma ou passeio, caminhe em fila indiana. Assim, todos os integrantes do grupo caminham de forma mais protegida.

2 – Como atravessar a estrada ou a rua

Atravesse sempre a rua ou a estrada num local seguro: na passadeira; na passagem para peões junto a semáforos, em passagens protegidas superiores ou inferiores à via.

Sempre que não existirem estes locais, escolha um onde possa ver ao longe os veículos e onde se torne bem visível para os condutores, de modo a ver e a ser visto.

Evite locais junto a veículos estacionados, caixotes do lixo, arbustos ou outro tipo de obstáculos, que o escondam, assim como junto a curvas e em cruzamentos e entroncamentos sem passagens protegidas.

Depois de escolher o local mais seguro para atravessar, páre antes do lancil ou borda do passeio, ouça e veja bem o trânsito que circula. Verifique se os veículos estão a circular a alta ou baixa velocidade e se estão perto ou longe do local onde vai atravessar.

Se for atravessar numa passadeira, coloca-se do lado direito para não se encontrar com os peões, que atravessam no outro sentido.

Olhe à esquerda, à direita e novamente à esquerda para observar quais os sentidos do trânsito e saber de onde podem surgir os veículos.

Deixe passar todos os veículos e prepara-se para atravessar, quando todos os veículos tiverem passado ou parado.

Procure os olhos do condutor e faça-lhe sinal para que ele perceba que pretende atravessar e espere que ele lhe ceda passagem. Mesmo assim, confirme se, do outro lado da estrada, não se aproxima nenhum condutor que ainda não o viu.

Enquanto atravessa, continue a olhar à esquerda até ao meio da via e à direita, desde o meio da via até ao outro lado. Continue a olhar e ver se vem algum condutor com intenção de ultrapassar na passadeira, sem te ver.

3 – A importância de se tornar mais visível, à noite.

Para tal, deverá usar roupas claras ou mesmo uma lanterna, principalmente se circular em estradas pouco iluminadas. Mas, o mais seguro é usar material retrorrefletor no vestuário, mochilas, ténis, bem como braçadeiras ou coletes retrorrefletores. Este tipo de material tem a caraterística de ser muito visível, mesmo a grande distância, quando as luzes dos faróis incidem sobre ele.
Na verdade, os peões que usem material retrorrefletor podem ser vistos a cerca de 150 m, enquanto um peão vestido com roupas claras é visto a cerca de 50 metros e com roupas escuras a cerca de 25 metros.