Como viajar com crianças em transportes públicos?

As crianças também são utentes de transportes públicos, mas nem sempre se dá a devida importância quando elas viajam de autocarros urbanos, elétricos, metropolitano e comboios.

No transporte escolar ou no transporte coletivo de crianças, todas as crianças deverão usar uma cadeirinha adequada à sua idade, peso e altura. No entanto, nos transportes públicos, isto é impraticável, pelo que quando as crianças andam de autocarros urbanos, elétricos, metropolitano e comboios, convém serem respeitadas várias regras de segurança.

Antes de mais, quando se dirige para a paragem do autocarro deverá caminhar sempre pelo passeio, com a criança do lado mais afastado da faixa de rodagem. E ensine-lhe não apenas isso, como também que deve esperar pelos transportes públicos nas paragens e manter-se no passeio, em fila, afastado da faixa de rodagem. Explique-lhe que deve esperar calmamente pelo transporte público na respetiva paragem, evitando brincadeiras perigosas. Quando o transporte chegar deve respeitar a sua vez, sem correrias.

Com base em recomendações da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, elaborámos alguns tópicos para sempre que as crianças viajem em transportes públicos:

  • Nos táxis, tal como no carro da família, e mesmo em trajetos curtos, recomenda-se que as crianças usem cinto de segurança e, se possível, cadeirinha adequada;
  • As crianças nunca deverão entrar ou sair do veículo em andamento e as crianças mais pequenas deverão ir seguras pela mão de um adulto;
  • Nos autocarros, se houver lugares disponíveis, deve sentar-se. Existem lugares reservados que devem ser utilizados por quem viaja com crianças pequenas ao colo (encostadas aos adultos e presas pela cintura);
  • As crianças viajarão mais seguras sentadas e, no caso de não haver lugares livres, devem segurar-se firmemente aos varões, sob vigilância de um adulto. Quando viajam sentadas, preferencialmente, só deverão levantar-se para sair quando o autocarro se tiver imobilizado;
  • Em viagens de longo curso, são preferíveis veículos com cintos de segurança onde as cadeirinhas das crianças possam ser instaladas.

Depois, ao sair do transporte público, instrua a criança que deverá esperar que o veículo se afaste para atravessar e sempre com a máxima atenção  para verem e serem vistas pelos outros condutores. Só desta forma pode ver os veículos que se aproximam e ser visto pelos seus condutores, atravessando, assim, com maior segurança.

No caso de existir uma passagem para peões nas proximidades explique-lhe que deve utilizá-la. e diga-lhe (mostrando-lhe com o seu exemplo) que nunca deve atravessar a correr a faixa, mesmo numa passagem para peões.