Quando devo levar o carro à inspeção?

inspeções

A inspeção periódica obrigatória (IPO) a uma viatura tem como objetivo confirmar, com uma determinada regularidade que depende da idade do veículo, que o mesmo tem uma manutenção adequada e que mantém boas condições de funcionamento e de segurança.

Para que todos possamos circular em segurança, estão sujeitos a inspeções periódicas todos os automóveis ligeiros e pesados, assim como os reboques por estes utilizados. Sabe qual que documentos deve levar para inspeção? Sabe qual a periodicidade das inspeções do seu carro? As respostas a estas perguntas estão aqui.

Que documentos são necessários e quando devo ir à inspeção?

No ato da inspeção, que pode ser efetuada nos Centros de Inspeção Técnica da categoria A e B, é necessário apresentar os seguintes documentos:
– Certificado de matrícula ou livrete e título do registo de propriedade;
– Ficha da última inspeção realizada, exceto na 1ª inspeção;

A Inspeção periódica obrigatória, tanto a primeira como as subsequentes, tem como prazo limite para a sua realização o dia e o mês correspondentes à matrícula inicial da viatura e deve ser efetuada com a periodicidade determinada na lei, conforme o quadro aqui apresentado.

tabela inspeções periódicas

Os veículos devem ser apresentados às inspeções durante os 3 meses que antecedem o dia do mês da primeira matrícula. Excetuam-se os automóveis construídos e matriculados antes de 1 de Janeiro de 1960, considerados de interesse histórico.

A inspeção periódica feita a viaturas de matrícula estrangeira só é válida no país onde foi realizada. Não é necessária a presença do proprietário do veículo aquando da realização da inspeção, qualquer pessoa pode levar o veículo à inspeção desde que apresente os documentos necessários.

A inspeção é realizada por um inspetor licenciado para o efeito. A realização da inspeção tem a duração aproximada de 20 a 30 minutos para os veículos ligeiros e de entre os 30 a 40 minutos para os veículos pesados.

A inspeção ao veículo é efetuada com a colaboração do condutor do veículo, pelo que é necessário que acompanhe a sua realização. As inspeções são realizadas dentro do horário de funcionamento afixado nos centros, geralmente os centros de inspeção funcionam à hora de almoço ao sábado de manhã, confirme antecipadamente o horário, alguns centros possibilitam a marcação da inspeção.

Como verificar rapidamente os itens mais comuns

Para reduzir a hipótese de ser reprovado faça uma verificação sumária das condições de conservação da carroçaria e dos interiores, da verificação de eventuais perdas de fluídos e da existência de triângulo de pré-sinalização homologado e em funcionamento e do colete retrorrefletor.

Verifique a eficiência dos limpa para-brisas e ausência de vidros partidos, confirme que a sinalização luminosa funciona, mais concretamente que a mudança de direção, a existência de perigo, a travagem, a marcha atrás, a chapa de matrícula e as luzes de nevoeiro estão em bom estado e a funcionar corretamente. Claro que as luzes de presença, os médios e os máximos também merecem uma confirmação apesar de no uso diário ser mais fácil detetar a sua falha.

Confirme se os pneus possuem um relevo do piso de rodagem com pelo menos 1,6 mm de profundidade, se os espelhos retrovisores estão totalmente operacionais, tanto na integridade da superfície refletora, da fixação bem como da regulação. Verifique também o correto funcionamento dos cintos de segurança.

Foto | Auto Clasico