Que perigos ocorrem quando as estradas nacionais são repavimentadas?

Que perigos ocorrem quando uma estrada nacional é repavimentada?

Portugal é uma país pequeno mas com uma rede viária bastante complexa, numa mescla entre estradas nacionais, rurais, citadinas e auto-estradas. E dentro desta teia de estradas, muitas são aquelas que se encontram em verdadeiros estado de abandono, degradadas e perigosas.

Esta degradação deve-se, essencialmente, ao abandono a que estão sujeitas e pelo facto de, nas imediações, existir uma auto-estrada. Não quer isto dizer que, por estarem em abandono, não aconteça trânsito nessas estradas.

Os perigos de uma repavimentação

A degradação do pavimento deve-se ao facto de não haver manutenção nessas estradas e as mesmas estarem sujeitas ao desgaste do trânsito que ainda flui, assim como à erosão, pela exposição às diversas condições climatéricas.

Estando em progressiva degradação, o trânsito que se vai fazendo nessas estradas vai estando, também, sujeito a alterações de comportamentos dos condutores que a utilizam, nomeadamente na velocidade desenvolvida. Se avaliarmos o nível dos perigos existentes antes e depois, verificamos que a diferença é elevada, devido a dois factores; menor fluxo de trânsito e velocidades mais baixas.

Que perigos ocorrem quando as estradas nacionais são repavimentadas?

Mas, quando essas estradas passam a ser alvo de uma intervenção de manutenção de fundo e é repavimentada, eis que surgem os perigos; os primeiros, associados à própria manutenção, enquanto ela não está completada, com a ausência de marcas rodoviárias e a segunda com o surgimentos de condutores que adoptam comportamentos de risco que promovem perigos elevados.

Como fazer para minimizar os perigos?

Estando identificados dois dos perigos existentes numa repavimentação das estradas nacionais ou após a mesma, devem os condutores que nela circulam ter em atenção que essas estradas não têm as condições ideais para uma velocidade mais elevada, apesar do pavimento estar em boas condições.

Que perigos ocorrem após as estradas nacionais serem repavimentadas?