Trânsito de peões – a segurança que se exige

Transito de peões - a segurança que se exige

A circulação de peões na ligação entre pontos é algo que deve ser, cada vez mais, observado pelas entidades responsáveis pela segurança rodoviária em determinadas vias de trânsito. Sabendo-se que nos meios mais rurais essa realidade está presente, não basta pensar nos veículos, mas sim observar a verdade.

A foto mostra-nos a via que faz ligação entre a vila de Vila Verde e a de Lares, no concelho da Figueira da Foz. É uma estrada onde a circulação automóvel, não sendo muito elevada, é elevada. Tal faz com que os peões, maioritáriamente de idade mais avançada, se vejam expostos a um risco eminente que não desejam.

Uma estrada de risco elevado

A maior falange de peões que circulam na referida via de ligação rodoviária são idosos. Peões com dificuldade, muitos deles, de locomoção e que o fazem apoiados a bengalas ou muletas. Para que conhece a estrada, percebe de imediato o elevado risco a que esses peões estão expostos.

O grande problema desta via não é, apenas, a inexistência de passeios ou bermas, mas sim o facto de, a ladear a faixa-de-rodagem, existirem valas de profundidade considerável e pontos de deficiente visibilidade, tanto para os peões como para os condutores.

Se a estes dois factores associarmos o facto de os condutores não adaptarem a velocidade dos seus veículos ao perigo existente, estamos na presença de alguns locais exponencialmente perigosos para a vida de quem por ali se tem de deslocar a pé.

Transito de peões

Se por algum motivo os peões tiverem de procurar um ponto de fuga, não o poderão fazer, a não ser que entrem nas valas que ladeiam a via de circulação. Ainda assim, essa solução não garante que no final fiquem em bom estado de saúde.

Deste modo, torna-se urgente que a autarquia da Figueira da Foz, através do seu departamento de trânsito, providencie uma intervenção com carácter de urgência, de modo a que a referida via passe a estar incrementada com soluções de circulação segura aos peões que nela se deslocam.