Como interpretar as estrelas da segurança

Muitos sistemas de qualificação de qualidade, ou mérito, usam um sistema por estrelas. A segurança automóvel também a adotou. Serve para que todos identifiquem facilmente as melhores opções. Que proteção é que um veículo com uma só estrela dará aos seus ocupantes?

Os veículos “5 estrelas” será que têm uma segurança “á prova de bala”? Conheça qual a descrição atribuída a cada classificação que a entidade que as atribuí lhes dá. Assim saberá como interpretar melhor as estrelas da segurança. Saiba mais aqui.

As estrelas da segurança facilitam o reconhecimento

A Euro NCAP criou o sistema de classificação de segurança por estrelas para ajudar os consumidores. Esta forma de catalogação é uma ajuda para as famílias, ou empresas, conseguirem comparar os veículos com mais facilidade. Ajuda-os a identificar a escolha mais segura para suas necessidades.

A classificação de segurança é determinada por uma bateria de testes aos veículos, concebidos e realizados pela Euro NCAP. Esses testes representam, de forma simplificada, cenários de acidente na vida real. Estes incidentes pretendem eliminar os pontos fracos dos veículos, causadores de ferimentos e de fatalidades. Assim, é de extrema importância a sua consulta e conhecimento. Independentemente da condição em que possam ser envolvidos no incidente todos tem a ganhar. Sejam estes condutores, ocupantes, peões ou outros utilizadores da via pública.

É um fato que a classificação de segurança nunca consegue captar totalmente a complexidade e imprevisibilidade do mundo real. No entanto as melhorias nos veículos e a tecnologia introduzida nos últimos anos, consubstanciada pela aplicação de elevados padrões de segurança, têm mostrado um verdadeiro benefício para os consumidores e para toda a sociedade.

Quanto mais estrelas, mais brilhante na segurança

O número de estrelas reflete o desempenho do carro nos testes do Euro NCAP. Mas atualmente também é influenciado (entenda-se MUITO influenciado) pelos equipamentos de segurança que o fabricante disponibiliza para o modelo em cada mercado. Assim, um grande número de estrelas mostra não apenas que o resultado do teste foi bom, mas também que o equipamento de segurança no modelo testado está disponível para todos os consumidores no mercado europeu. (atenção às classificações “duplicadas”, explicadas abaixo)

A classificação por estrelas vai além dos requisitos legais exigidos. Atenção de que nem todos os novos veículos precisam passar por testes Euro NCAP. Atualmente um carro que apenas atenda às exigências legais mínimas não seria elegível para nenhuma estrela. Isso também significa que um carro que é mal classificado não é necessariamente inseguro. Em suma, simplesmente não é tão seguro quanto seus concorrentes que obtiveram uma classificação melhor.

O sistema de classificação de segurança que todos desejam alcançar, as cinco estrelas, evolui continuamente. Ao mesmo tempo que a tecnologia mais antiga amadurece e outras inovações se tornam disponíveis os testes são mais exigentes. Afinal têm que testar os novos sistemas de segurança.

Isso significa que os testes são atualizados regularmente e novos testes são adicionados ao sistema. Assim, os níveis de atribuição de cada estrela são ajustados. Por esta razão, o ano do teste é vital para uma interpretação correta do resultado do carro. Pois a cada ano os critérios evoluem.

Logo a classificação por estrelas mais recente é sempre a mais relevante. Por outro lado, a comparação dos resultados em anos diferentes só é válida se as atualizações do esquema de classificação forem pequenas. Recentemente, a inclusão da tecnologia emergente de prevenção de acidentes alterou significativamente o significado das estrelas.

Duas classificações?

A partir de 2016, alguns carros têm duas classificações. Uma classificação é baseada num carro equipado apenas com equipamento de segurança, que é padrão em todas as variantes da gama de modelos em toda a EU28. Esta classificação reflete o nível mínimo de segurança de qualquer carro vendido em qualquer lugar na União Europeia. Todos os carros avaliados pelo Euro NCAP têm essa classificação básica de segurança.

A segunda classificação é fundamentada pela presença dum “pacote de segurança” adicional, uma opção disponível para os consumidores. Este equipamento de segurança acrescentará “valor” á classificação de segurança do carro. Logo, a segunda avaliação por estrelas demonstrará o nível de segurança que o carro pode alcançar com esse equipamento adicional. Para se qualificar a esta segunda classificação, os fabricantes devem se comprometer a vender pelo menos 25% dos carros equipados com o pacote opcional nos primeiros três anos e 55% das vendas nos próximos três anos.

Nem todos os carros têm essa segunda classificação de estrelas, mas, quando disponível, ajuda os consumidores a entender facilmente o benefício de equipamentos adicionais expressos em estrelas extras. Atenção aos (maus) vendedores que só mencionam a segunda classificação ao tentarem vender modelos que não possuem os sistemas extra de segurança.

O significado atual das estrelas

A seguir, há algumas orientações gerais sobre o desempenho de segurança a que as estrelas se referem no sistema atual:


Bom desempenho geral na proteção contra colisões. Bem equipado com tecnologia relevante de prevenção de acidentes


Bom desempenho geral em proteção contra colisão; tecnologia de prevenção de colisão adicional pode estar presente


Proteção média a boa para os ocupantes, mas sem tecnologia de prevenção de colisões


Proteção contra colisão nominal, mas sem tecnologia de prevenção de colisões


Proteção marginal contra colisão


Mínimos requeridos não atingidos

 

Fonte | EuroNCAP

Fotos | Frank Derks , EuroNCAP