Conselhos de segurança para a condução no inverno

Condução no inverno

A condução no inverno é a condução numa época do ano em que as condições meteorológicas tornam complicado circular com o nosso veículo, e é frequente depararmo-nos com chuva, vento, neve, granizo, gelo e outras condições meteorológicas que dificultam bastante a condução.

É por isso que os conselhos de segurança para a condução no inverno enchem muitas páginas de revistas especializadas, como Circula Seguro, e não podíamos fazer outra coisa senão trazer-lhe alguns conselhos a ter em conta se conduzir nestes dias.

1. Deveria fazê-lo todo o ano, mas mais importante ainda é fazer uma boa revisão do seu carro no inverno, para certificar-se de que está tudo em condições. É essencialmente importante verificar o estado dos pneus, os níveis do liquido anticongelante, o bom estado dos limpa para-brisas e o funcionamento de toda a iluminação (incluindo as luzes de nevoeiro).

2. É importante transportar correntes de neve, principalmente se está previsto atravessar áreas onde pode haver neve ou gelo sobre o asfalto. Também é importante ter um raspador de gelo de carro, para remover comodamente os cristais de gelo. Em caso de nevões, deixe o limpa para-brisas do carro levantado, para que o peso da neve não os quebre. E no caso de estacionar numa colina, use a embraiagem ao invés do travão de mão.

3. Em caso de chuva abundante, evite circular por zonas inundadas, pois facilmente o carro pode fazer aquaplanagem e perder o controlo total do veículo. No caso de aquaplanagem, nunca deve pisar o pedal do travão, deve simplesmente levantar o pé e segurar o volante com força. À que estar consciente que as distâncias de travagem no asfalto escorregadio aumentam significante e que por isso tem de deixar uma distância de segurança adequada ao veículo da frente e reduzir a velocidade. Além disso, os travões podem não funcionar corretamente se tiverem sido inundados, ao passar numa poça de água.

4. O nevoeiro é um dos fatores mais irritantes para a condução. A visibilidade é uma situação que gera um nervosismo considerável para o condutor. Nesta situação, ao menor sinal de pouca visibilidade, devem acionar-se as luzes de nevoeiro. Além disso, deve reduzir a velocidade, não travar bruscamente, aumentar a distância de segurança e conduzir, guiando-se pelas linhas da estrada. Lembre-se que nessas situações, é muito importante ser bem visível por trás do que qualquer outra coisa.

5. Em caso de ventos fortes, é aconselhável reduzir a velocidade e segurar firmemente o volante com as duas mãos, principalmente quando se está a realizar ultrapassagens, a veículos de grande dimensão. Recomenda-se frequentemente circular com a rotação do motor superior, para ajudar a manter a trajetória.

6. Em todos os casos, é imprescindível, aumentar a distância de segurança com o veículo da frente, evitando assim que a água que sai dos pneus do carro da frente, façam parar o para-brisas e dificultar a nossa visibilidade. Devido à diferença de temperatura interior e exterior, é possível que os vidros fiquem embaciados. Para desembaciar os vidros, o melhor é usar o ar condicionado, com ar quente.

É evidente que os conselhos são sempre infinitos, pelo que qualquer um de vós pode partilhar o vosso conselho particular com outros, se considerar que lhe deixamos algo importante. Mas acima de tudo: muita prudência ao volante. Faça boa viagem.