Não caia com a queda das folhas no Outono

Não caia com a queda das folhas no Outono

Com a chegada do Outono chega também a queda das folhas de algumas árvores. Com a queda dessas folhas, chegam as vias de circulação inundadas de incertezas e ponto de via bastante escorregadios e traiçoeiros ao condutores mais distraídos.

Com a chegada da estação do Outono, deveriam as autarquias e a EP – Estradas de Portugal, proceder a um programa de manutenção e limpeza das vias, removendo as folhas caducas que se vão acumulando e limpando, adequadamente, o asfalto, também, das gorduras que se foram acumulando ao longo do Verão.

Outono, uma estação de grandes incertezas

Todos sabemos, de anos, que esta época do ano, o Outono, é uma época que provoca essa queda de uma quantidade de folhas de árvores de folha caduca, no asfalto. Todos sabemos, igualmente, que essas folhas acumuladas no asfalto, molhadas, são um ponto extremamente escorregadio e de perigo elevado para os condutores.

Acontece que, por norma, os condutores tendem a desvalorizar essas realidades. A da chegada do Outono e os perigos que acarreta, a da acumulação das folhas no pavimento e acima de tudo o facto de tornarem um ponto de via inofensivo, num ponto de via extremamente perigoso. Isso faz com que o perigo aumente exponencialmente e o risco de acidente seja iminente.

Assim, para que isto não seja uma realidade de cada Outono, devem as entidades competentes elaborarem um programa de limpeza e manutenção, equiparem-se com os meios necessários, não olhando a custos reais, e procederem à devida limpeza. Em Espanha, por exemplo na Catalunha, o Governo catalão tem equipas de manutenção nas vias de tráfego, todo o ano. É um caso a seguir, não?

Já em relação aos condutores, devem, neste período do Outono, aumentar as suas preocupações rodoviárias para esta realidade, a da existência de ponto altamente escorregadios. Principalmente os condutores de veículos de duas rodas.