Sinais de trânsito, os artefactos que podem salvar vidas

Sinais de trânsito, os artefactos que podem salvar vidas

A segurança rodoviária faz-se através da execução de diversas actividades,m entre elas o estudo das vias, seus perigos e devida adaptação e correcta colocação de sinais de trânsito. Sinais de trânsito esses que se encontram homologados ao abrigo do código da estrada.

Acontece que, muitas vezes, esses sinais de trânsito não se encontram bem colocados ou até mesmo colocados. Ou seja, em muitas circunstancias, a sinalização gráfica vertical não se encontra colocada nos respectivos lugares, estando até, em bastantes circunstancias, ausente.

Uma boa sinalização gráfica vertical

Soube-se agora que a Estradas de Portugal vai avançar com uma verba de 12 milhões de euros para renovação e colocação de sinais de trânsito e marcas rodoviárias. Esta é uma boa noticia, uma vez que estes dois tipos de sinalização têm uma importância expressiva na segurança rodoviária.

O facto de essa intervenção ir acontecer, vai proporcionar que os condutores tenham uma melhor percepção do caminho, principalmente de noite ou quando as condições atmosféricas são adversas, fazendo com que diminua a dúvida de trajetórias ou espaços disponíveis.

Mas, será sempre importante que a Estradas de Portugal, ao recolocar esses sinais de trânsito, tenha em atenção a criação de uma mapa de sinalização, os identifique, uma a um, assim como tenha técnicos especializados no terreno a acompanharem o pessoal que efectua a colocação.

Muitos são os locais onde os sinais de trânsito não se encontram identificados ou a té mesmo bem colocados, ficando a distâncias consideráveis dos locais onde deveriam estar afixados. Afinal, não nos podemos esquecer que tanto as marcas rodoviárias, que deveriam ser remarcadas periodicamente, como os sinais de trânsito, quando correctamente colocados, permitem ao condutor uma melhor e mais atempada leitura.

 

Foto¦ Globo