Quais os custos que deve ter em conta ao viajar com um veículo elétrico?

Ricardo Carvalho

19 de Outubro de 2020

Fazer uma viagem com um veículo elétrico implica um planeamento prévio e detalhado a vários níveis. Para além de planear o roteiro da viagem, tendo sempre em conta os postos de carregamento elétricos que se irá encontrar pelo caminho, é importante que se esteja também a par dos níveis de consumo dos veículos elétricos.

Normalmente as marca explicam através de programas específicos os custos que deve ter em conta ao planear uma viagem num automóvel elétrico.

O consumo de veículos elétricos é baixo ou alto?

É do conhecimento geral que a utilização de veículos elétricos tem enormes benefícios para o ambiente. Ao contrário dos automóveis com motor de combustão, as emissões dos veículos elétricos não são demasiado poluentes para a atmosfera nem contribuem para o aumento dos níveis de CO2 no ar.
No entanto, este tipo de veículos também podem ser benéficos para a carteira. O consumo de veículos elétricos pode ser até seis vezes mais baixo que o consumo de um automóvel de combustão, dependendo do seu local de carregamento e do tipo de combustível usado no automóvel com motor de combustão.

Segundo cálculos realizados pela Associação de Utilizadores de Veículos elétricos, para percorrer 100 km, entre o Porto e Vila Real, estes seriam os respetivos gastos:

Com um automóvel a gasolina, o custo pode ir até 12 euros (consumo de 7 litros aos 100);

Com um automóvel a gasóleo, o custo pode ir até 9 euros (consumo de 6 litros aos 100);

Com um veículo elétrico, carregado num posto de carregamento rápido, o custo pode ir até 6 euros (40 cêntimos por kWh);

Com um veículo elétrico, com carregamento feito numa Wallbox em casa o custo, em média, é de 2 euros (12 cêntimos por kWh).

É fácil perceber o benefício económico no consumo de um veículo elétrico face a um automóvel de combustão. Com um veículo elétrico que carregado em casa, o custo é 6 vezes menos numa viagem de 100 km, quando comparado com um automóvel a gasolina, e quase 5 vezes menos quando comparado com um.

Outras dicas que se deve ter em conta ao planear uma viagem com um veículo elétrico

•Verificar a autonomia do veículo elétrico antes de iniciar a viagem, assim como o tempo de carregamento médio nos diferentes tipos de posto de carregamento;

•Definir o trajeto tendo sempre em conta os postos que irá encontrar pelo caminho. Se a viagem for efetuada pela autoestrada não deverá existir dificuldades;

•Não deixar a bateria descarregar totalmente durante a viagem. O ideal será carregá-la quando esta estiver ainda a meio;

•Se possível, escolher alojamentos que disponibilizem pontos de carregamento. Assim o veículo elétrico poderá ser carregado durante a noite.

Fonte: Hyundai