A primeira vez na autoestrada

Duarte Paulo

3 March, 2020

A primeira vez na autoestrada poderá ser boa se for programada

Conduzir na estrada pela primeira vez pode ser estressante, e é por isso que é comum os novos condutores autorrestringirem-se inicialmente apenas às estradas locais. Pelo menos até obterem experiência suficiente para se aventurarem numa autoestrada.

A primeira vez pode ser traumatizante. Ajudar um condutor iniciante a fazer uma transição suave e segura da condução entre as estradas locais para a autoestrada é essencial. Saiba aqui quais os principais pontos a que, especialmente, um novo condutor deve estar atento. 

Conselhos para a primeira vez na autoestrada

Estas são algumas achegas para os novos automobilistas, o que devem considerar antes de conduzir pela primeira vez em autoestrada. Escolha o momento certo para começar a conduzir em autoestrada. Se você está planeando a sua primeira ida à autoestrada, escolha a hora e o local certos. Considere começar em um troço não muito movimentado. Tenha em atenção para que o faça num período do dia em que seja expectável que esteja menos congestionada, com menos veículos na estrada. É desejável estrear-se num dia claro, sem chuva, neve ou nevoeiro que possa diminuir a visibilidade.

Estabelecer a “velocidade de cruzeiro” e a distância adequada ao veículo que o precede permanecem a chave para gerenciar a circulação em autoestrada. Ao circular em autoestrada pela primeira vez, lembre-se que deve conduzir na faixa da direita, exceto se estiver a efetuar uma manobra de ultrapassagem. Esse comportamento irá facilitar a interagir com o restante tráfego.

No momento que desejar efetuar uma mudança de faixa em autoestrada deve proceder com alguns cuidados. Os condutores devem deixar de quatro a seis segundos de espaço entre o seu carro e o veículo na frente deles enquanto preparam a manobra. Lembre-se de verificar regularmente os retrovisores e o ponto cego antes de efetuar a mudança de via de transito. Mais espaço significa que tem mais tempo para evitar uma colisão ou reagir a detritos na estrada.

Todos os condutores devem adquirir o hábito de usar os piscas constantemente, mesmo que acreditem que suas intenções sejam óbvias. Os piscas são a maneira correta de nos comunicarmos com os outros. É inacreditável a quantidade de acidentes que seriam evitados com o simples uso dos piscas.

Manter o foco

Os condutores recentemente encartados tendem a olhar o que está bem na frente deles. Mas a velocidade da autoestrada e a imprevisibilidade da própria condução exigem um ponto de vista mais amplo. É necessário olhar atentamente para a frente do veículo, mas também mais à frente na estrada, não descurando uns olhares de relance para os retrovisores para perceber o que se passa na traseira. Os bons condutores estão continuamente a olhar para os diferentes pontos mencionados acima.

Aprender a conduzir na autoestrada é mais do que só saber adequar a condução ao tipo de via e condições existentes. É, também, garantir que o nível de maturidade de um jovem condutor está à altura da tarefa. Todos os condutores devem entender que durante a condução nunca devem levar nada para o lado pessoal.

Os condutores com menos de 20 anos infelizmente têm a maior proporção de acidentes fatais. Muitos deles são relacionados com a distração. É por isso que é crucial manter o foco na estrada. Não use o telemóvel, não tente mudar de música constantemente ou se distraia conversando com amigos enquanto conduz.

Resumindo, aprender a conduzir é mais que saber utilizar os controlos do veículo. Saber conduzir é essencialmente saber como se comportar na via pública. Respeitando os sinais, cumprindo as regras. Mas sempre sem menosprezar os restantes indivíduos com que se cruza e usando o bom senso, algo sempre útil em tudo na vida.

Fotos | Pexels, PxHere

--

Uma iniciativa da: