Trabalho: Conselhos se tiver jornada intensiva

Ines Carmo

27 July, 2020

Com o início de julho, muitas empresas instauram a jornada intensiva. A partir daqui até meados de setembro já começa a ser comum haver uma jornada laboral sem pausas em tempo de trabalho. Quer dizer, aproximadamente desde as 7h30 até às 15h30, com descanso de pausa de 15 minutos. O dia de trabalho torna-se mais intenso e contínuo, mas permite desfrutar do resto do dia. Será que, neste sentido, isto poderá afetar a segurança rodoviária do trabalhador?

A segurança ao volante é afetada pela jornada intensiva no trabalho?

Pode parecer que esta alteração não tem nenhuma relevância na segurança ao volante, mas a realidade é bem distinta. A jornada intensiva tem inúmeras vantagens, mas quando falamos de segurança rodoviária há certos aspetos que podem ser influenciados. Segundo a Fundación MAPFRE, em Espanha, 32% dos sinistros mortais de trabalho acontecem nas estradas e 11% das vítimas mortais em acidentes de trânsito em todo o país falece em trajetos laborais.

trabalho

A mobilidade é um assunto empresarial e, portanto, deve tratar-se como parte do plano de prevenção de riscos laborais. Após vários meses habituados a rotinas estáveis durante o horário de inverno, agora há uma alteração significativa. Que aspetos destes novos horários afetam a segurança rodoviária?

  • Os picos de calor e as altas temperaturas no habitáculo diminuem as nossas capacidades ao volante.
  • Madrugar para entrar antes ao trabalho e ter que readaptar os nossos horários de sono pode provocar sonolência e fadiga.
  • Os horários intensivos similares em todos os postos de trabalho fazem com que as horas de ponta coincidam mais e tenham uma menor amplitude no tempo. Os engarrafamentos – pelo menos até às férias – são mais intensos na entrada e na saída. E a isso se somam as pressas para sair de casa e chegar a tempo.
  • O stress relacionado com um volume de trabalho mais intenso e menos empregados disponíveis.
  • Os dias são maiores e desfrutamos de mais horas de luz pelo que, com as tardes livres, fazemos mais planos e vamos para a cama mais tarde do que o habitual.

Conciliar o trabalho e a vida com o horário de verão

Em geral, não é apenas a motivação e o rendimento que melhoram com a jornada intensiva, mas também a vida familiar.

Por outro lado, elimina-se quase por completo o descanso, o que provoca fadiga e faz com que se termine o dia em piores condições físicas e psíquicas. É sempre recomendável realizar uma pausa no meio da jornada, principalmente, por questões de saúde. Mas também porque, em caso contrário, não estaríamos a falar de uma jornada intensiva, mas sim de uma redução da jornada.

Cuidar da nossa segurança rodoviária, enquanto trabalhamos no verão

O que podemos fazer para nos adaptarmos à jornada de verão de maneira que a nossa segurança ao volante não seja afetada? Aqui ficam alguns conselhos:

  • Durante o verão, há que dormir as horas necessárias. Como mencionámos, nestes meses temos mais “vida noturna”, mas também se madruga mais para entrar no trabalho. É importante descansar mais para evitar a presença da sonolência. Deitemo-nos mais cedo e evitemos os dispositivos eletrónicos pelo menos uma hora antes de ir dormir
  • Evite as pressas e, para tal, deve organizar e planificar bem a manhã de forma a que não tenha de sair a correr. A jornada intensiva pode dar para muito, mas para isso a organização é a chave, principalmente na estrada.
  • Evitar conduzir nas horas de maior sol e calor. A hidratação é fundamental.
  • Zero distrações. Não se devem aproveitar os trajetos de carro para adiantar trabalho. O carro-escritório não existe. Por isso, não se deve usar o telemóvel ou manipular o GPS enquanto se conduz. Também não se devem consultar relatórios ou ver outro tipo de documentos. A vista deve estar focada na estrada e as mãos no volante.

trabalho

Fundação MAPFRE pela segurança no âmbito laboral

Como mencionámos, a segurança rodoviária também é uma questão do âmbito laboral e os dados sobre acidentes na estrada dão conta disso. Na Fundación MAPFRE trabalha-se a consciência para alcançar o Objetivo Zero vítimas por acidentes de trânsito na empresa. Na sua página web dedicam uma zona exclusiva a esta temática, onde se podem encontrar cursos online, publicações e estatísticas, informação e artigos de atualidade.

Além disso, através desta plataforma desenvolvem programas de formação aos professores, medidas de prevenção de riscos laborais e um curso composto por 14 módulos nos quais se explicam os diferentes grupos de risco como condutores comerciais, de transporte de passageiros ou de transporte de mercadorias.

Fonte: CirculaSeguro.com

Imagens | iStock jacoblund Kichigin bowie15 Marc Bruxelle

--

Uma iniciativa da: