Sabia que há bancos que diminuem os riscos de sedentarismo?

A Jaguar Land Rover está a desenvolver um conjunto de bancos cujo objetivo é diminuir os riscos associados ao sedentarismo. Este é um problema cada vez mais presente na sociedade e que despoleta várias complicações ao nível da saúde.

O levantar da cadeira pode revelar-se, por si só, uma verdadeira missão ultra complicada. Especialmente se o nosso trabalho for andar sempre a sentar e a levantar do banco do carro, mesmo que este seja o mais confortável possível.

Foi precisamente a pensar nisso que os engenheiros da Jaguar Land Rover decidiram apostar nestes bancos especiais.

Este protótipo estimula os músculos com a clara intenção de reduzir os riscos associados ao sedentarismo.
O banco já se encontra a ser testado pela divisão de interiores do grupo e conta com uma sére de atuadores debaixo da espuma do banco para fazerem movimentos que levem o nosso cérebro a pensar que estamos a caminhar e não sentados numa das poltronas.

A grande diferença entre este protótipo e um banco de massagens é que este tem como missão estimular os muscúlos, ao invés de os relaxar. A criação destas tecnologias fazem parte do projeto “Destination Zero”, que tem como objectivo criar uma sociedade mais sustentável e saudável.

Fonte: Jaguar Land Rover

Como evitar que os vidros fiquem embaciados

Os vidros embaciados criam dificuldades de visão para o exterior do veículo, colocando a segurança em causa.

Quando as condições atmosféricas pioram os condutores passam a ter a vida mais dificultada. Além de todos os problemas com que se deparam no exterior do veículo existe um que por vezes ocorre no interior. O embaciamento dos vidros.

Descubra como evitar que os vidros fiquem embaciados e como se ver livre do embaciamento mais rapidamente. Saiba também como poderá reduzir a probabilidade de que este fenómeno se repita.

Como ocorre o embaciamento?

Os vidros embaciados no carro são uma dor de cabeça para qualquer pessoa que conduz automóveis. O problema aumenta sempre que chove, amplificando a acumulação de humidade no habitáculo e baixas temperaturas no exterior.

Mas este fenómeno de embaciamento é fácil de perceber e explicar. Como é referido acima sempre que a temperatura no exterior do carro é mais baixa do que a interior, toda a humidade presente no carro acaba por condensar nos vidros.

Este fenómeno agrava-se quando a humidade entra em contacto com o vidro frio. Simultaneamente, a respiração das pessoas, a transpiração da pele e os itens molhados intensificam o risco térmico e o fenómeno agrava-se.

Caso exista alguma sujidade nos vidros será aí que o vapor de água irá se fazer notar de forma mais acentuada. Criando uma barreira que impedirá que o condutor consiga enxergar para fora do veículo. Sem uma boa visibilidade não existe segurança para que a condução decorra sem sobressaltos.

Limpeza dos vidros

Primeiramente deverá garantir que as superfícies em vidro se encontram livre de sujidade. Toda a sujidade, seja , dedadas ou resíduos de produtos de limpeza. Por vezes não se consegue ver essas impurezas. Para garantir que está limpo, limpe! Lembre-se de o fazer antes de iniciar a marcha.

A forma ideal é usar um pano limpo e um produto específico para limpeza de vidros. Estes produtos combinam a capacidade de remover a sujidade com a caraterística de se evaporarem rapidamente sem deixarem resíduos para trás.

Caso recorra a produtos hidrofóbicos o efeito será ampliado, pois devido a serem repelentes de água impede que o vapor se acumule no vidro. Estes produtos repelem a humidade criando uma película antiaderente à humidade.

Se preferir uma solução mais económica pode recorrer a um truque caseiro infalível. A mistura de água com vinagre. De seguida embeba papel de jornal na mistura “milagrosa” atrás descrita. Passe cuidadosamente nos vidros. Depois para finalizar seque com um pano limpo.

Ajudas indireta

Como já foi referido os vidros embaciados são resultado da humidade acumulada dentro do habitáculo. Assim, a melhor forma de conseguir eliminar, ou no mínimo reduzir, a humidade no interior do habitáculo é reduzir as fontes emissoras.

Existem algumas fontes que não podemos “eliminar”. Entre estes está a respiração e a transpiração do condutor e dos passageiros. Quanto aos objetos molhados que leva para bordo pode tentar minimizar a sua influência sobre o embaciamento.

Se o seu veículo é de 3 volumes coloque esses elementos na bagageira, geralmente estes veículos possuem uma separação mais eficiente entre a bagageira e o habitáculo. Independentemente da forma do seu veículo, a forma mais eficaz é colocar os objetos em sacos plásticos para que não libertem a humidade no habitáculo.

Existe uma outra forma “mais radical” de minorar a humidade a bordo do seu veículo. Para implementar esta solução irá necessitar dum material absorvente, por exemplo absorvente em sílica gel para gatos. Para que funcione basta que o coloque num saco de pano, ou em alternativa numa meia. Convém trocar estas “soluções caseiras” periodicamente pois a humidade acumulada pode gerar maus cheiros.

Solução rápida para vidros embaciados

Limpe o vidro de forma adequada para reduzir oproblema de embaciamento dos vidros.

Como sugestão final deixo-lhe uma sequência para que consiga desembaciar os vidros do seu carro até duas vezes mais rápido:
– Ligar a ventilação no máximo;
– Ligar o ar condicionado;
– Desligar a circulação do ar;
– Abrir um pouco as janelas do carro.

Após alguns instantes com esta solução, programe o ar condicionado para no máximo 18 ou 19ºC. Lembre-se que quantas mais pessoas a bordo mais tempo necessitará para desembaciar e mais difícil será essa tentativa.

Fotos | Piqsels, Wikimedia Commons

É um bom condutor… mas será que sabe ser um bom peão?

Mesmo condutores de automóveis do dia-a-dia, todos nós já fomos ou iremos ser num determinado momento, um peão. Peão é o nome que se dá à pessoa que anda a pé na via pública. Esta via pública é formada pela faixa de rodagem, por onde circulam os veículos e pelo passeio ou berma, onde circulam os peões. Mas, será que sabe ser um bom peão?

Ler mais…

Symbio, o projeto da Michelin e da Faurecia para a mobilidade a hidrogénio

symbio

O caminho para a mobilidade a hidrogénio pode estar mais próximo graças à Michelin e à Faurecia. As duas uniram-se no projecto Symbio, um dos líderes no fabrico de sistemas de pilha de combustível. Assim, a Michelin compromete-se a ir mais além na mobilidade sustentável e a Faurecia poderá ampliar as possibilidades das suas fábricas em Espanha e no resto do mundo.

Ler mais…

Como reagir perante situações imprevistas na estrada

imprevisto

Perante uma situação de risco é muito importante saber reagir. No momento de conduzir podem surgir situações imprevistas tais como, por exemplo, quando e onde parar após uma avaria ou emergência, como mudar um pneu e saber a pressão correta do pneumático na sequência de um furo, como reagir perante um obstáculo na estrada e quando se devem acender as luzes de nevoeiro, etc…

Ler mais…